Atitudes do Profissional de Marketing | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Atitudes do Profissional de Marketing

Clube de Marketing da ABA lança Manual de Responsabilidade Pessoal para que os marqueteiros possam agir de acordo com os princípios éticos, transparentes, criativos e empreendedores.

Por | 13/03/2006

bruno@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Atitudes do Profissional de Marketing

Por Bruno Mello
bruno@mundodomarketing.com.br

As habilidades exigidas pelo mercado e as práticas de um trabalho eficiente e responsável estão no "Manual de Responsabilidade Pessoal - Atitudes do Profissional de Marketing. Hoje e Amanhã", lançado no fim de 2005 pelo Comitê de Responsabilidade Social do Clube de Marketing da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes). O documento busca, também, orientar os marqueteiros para realizarem atividades que criem oportunidades de desenvolvimento sustentado e participativo.

O aparecimento de um novo consumidor consciente, trazendo ao mercado novos produtos e serviços que deverão satisfazê-lo, foi um dos pontos de partida para a realização do Manual. Segundo Valdir Cimino, Presidente do Comitê de Responsabilidade Social do Clube de Marketing da ABA, a "atitude do profissional de marketing perante as ações da organização (em que trabalha) é o que determinará sua relação pessoal com um mundo mais saudável".

O manual explica que não utiliza o termo Responsabilidade Social porque ela deriva da Responsabilidade Pessoal, além de não carregar olhares duvidosos como o anterior. O documento também fala que os marqueteiros devem entender as relações que envolvem os indivíduos para poder entender o mercado e atuar na criação de ações de qualidade de vida.

Outro ponto de destaque diz respeito à consciência que os profissionais devem ter quanto ao produto e/ou serviço em que está trabalhando, dizendo que "Existem todos os tipos de produtos no mundo, e um profissional ético não deve se envolver com produtos que sejam politicamente incorretos, ou seja, que arruínem o ser humano, o meio ambiente, os relacionamentos ou ainda a sua integridade. É difícil, pois vivemos em um mundo de escassez de trabalho, mas um movimento ao contrário pode modificar as estruturas".

De acordo com Valdir Cimino, os profissionais de marketing devem estar atentos aos valores que acabam ficando perdidos no caminho de uma estrada aterrada pela concorrência exacerbada. "O que tem que ser levado com o produto ou serviço é um investimento na sociedade. Quem produz uma propaganda ética tem que se colocar no lugar do outro lado da mesa e ver se é realmente isso que gostaria de comprar", afirma Cimino, em entrevista ao Mundo do Marketing, que divide o seu tempo entre o Comitê da ABA, a presidência da Associação Viva e Deixe Viver, a coordenação do curso de Relações Públicas e o MBA de Responsabilidade Social Empresarial da FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado).

Cimino cita ainda uma pesquisa realizada pelo Instituto Akatu. O estudo mostra que 70% dos consumidores acreditam que as empresas devem estar envolvidas diretamente na resolução de problemas sociais e 76% concordam que, como consumidores, podem interferir na atuação da empresa com relação à sua responsabilidade. Do total da amostra, apenas 17% prestigiaram empresas pelo seu comportamento socialmente responsável e somente 14% punem as irresponsáveis. "Isso nos leva a concluir, de modo geral, que as atitudes sociais das empresas ainda não são capazes de gerar atitudes efetivas de consumo em larga escala, tanto para mais como para menos", diz Cimino, lembrando que "Em todos os momentos, quando se fala de um produto ou serviço e suas ações, a responsabilidade social precisa estar integrada constantemente".

Cimino responde
De que forma as atividades do marketing devem agir para criar oportunidades para gerar desenvolvimento sustentado e participativo?
Sempre que se produz algo benéfico para a sociedade e para o meio ambiente e que, posteriormente, alcance as classes desfavorecidas, cumpre-se o papel social. O conceito social de marketing tem que estar orientado para o cliente, que tem como planejamento base o marketing integrado, com foco a gerar satisfação do cliente e bem estar do consumidor cidadão a longo prazo como a chave para o atendimento das metas organizacionais.

O que é a responsabilidade pessoal?
"Ser uma pessoa responsável é ser ético, transparente; é ter clareza que suas decisões e ações impactam os outros e, por conseqüência, toda a sociedade; é ser íntegro e construir relacionamentos com base em princípios e valores universais; é consumir de forma consciente, preservando os recursos ambientais para gerações futuras; é contribuir para a redução das desigualdades sociais."*

Manual de Responsabilidade Pessoal - Atitudes do Profissional de Marketing. Hoje e Amanhã
O manual foi elaborado a partir de um evento promovido pela ABA na FAAP com apoio do Instituto Ethos e da Neurônio Consultoria, onde foram convidados jovens gestores de empresas juniores e do Jogo da Cidadania (universitários que desenvolvem habilidades e conhecimentos necessários ao exercício de uma liderança socialmente responsável) a participarem de um fórum em que fossem construídas referências sobre a ética, empreendedorismo, transparência, competência, criatividade e liderança, bases do Manual. Baixe o Manual

Instituto Akatu
É uma organização não-governamental cuja missão é mobilizar a sociedade para o consumo consciente. Acesse www.akatu.org.br e saiba mais sobre o Consumo Consciente e as linhas de atuação do Instituto.

* Manual de Responsabilidade Pessoal - Atitudes do Profissional de Marketing. Hoje e Amanhã

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss