Reportagens

Publicidade
Publicidade
Branded Content
Marca

Tecnologias ganham espaço no processo de venda B2B

Estudo da Accenture analisou prioridades dos executivos para os próximos dois anos e o uso de soluções como Inteligência Artificial, Drones e Realidade Aumentada/ Virtual

Por Branded Content - 05/06/2019

A personalização é a chave para o crescimento no Marketing entre empresas. É o que aponta um estudo recente da Accenture sobre o potencial do comércio online B2B, realizado em 2018. O levantamento foi conduzido online com mais de 1.000 de executivos das áreas de Vendas e Digital do Brasil, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Espanha, Japão, China e Índia. 

O estudo analisou as prioridades dos participantes para os próximos dois anos e, para metade (50%) dos executivos, providenciar uma experiência omnicanal é a maior prioridade nesse intervalo. Um percentual muito próximo (46%) pretende implementar visibilidade para pedidos de ponta a ponta, enquanto 40% se preocupam em capturar uma visão 360º do cliente durante a jornada de compra. Há ainda grupos menores focados em reduzir o custo de entrega (36%) e usar os dados para vender e servir melhor ao cliente (33%) no próximo biênio.

Outro tema abordado na pesquisa foi a adoção de novas tecnologias ao processo de vendas B2B. A Inteligência Artificial vem ganhando espaço neste segmento, principalmente sob a forma de “chatbots”, utilizados por 42% das companhias em serviços de relacionamento com o cliente (79%), recomendações (63%), vendas (54%) e pagamentos (32%).

Tal qual a Inteligência Artificial, as Realidades Aumentada e Virtual são outro implemento presentes na estratégia das empresas B2B segundo a pesquisa. Um percentual de 24% das companhias já utiliza essas tecnologias, principalmente para relacionamento com o cliente (73%), vendas (66%) e serviços complementares (45%). 

Os drones são os aparelhos que apresentaram os percentuais mais baixos de uso em relação às inovações mencionadas na pesquisa, com uma participação de 19% das empresas que definitivamente empregam o equipamento. Eles encontram utilidade para entregas (80%) e Inventário dos produtos (61%).

Essas inovações, no entanto, não são capazes de sozinhas ajudar a estabelecer um relacionamento de longo prazo com clientes B2B. Há uma série de cuidados “a mais” que só o toque humano nas relações é capaz de entregar para fidelizar o cliente. É onde entra o Branding e a experiência do consumidor. A TroianoBranding possui um guia gratuito desenvolvido por seus especialistas com as melhores práticas no relacionamento entre empresas. O material está disponível neste link.