A estratégia da Vale para deixar um legado social | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

A estratégia da Vale para deixar um legado social

Marca brasileira visa gerar benefícios duradouros nos territórios em que atua

Por | 22/09/2011

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Não se pode negar o impacto da atividade mineradora sobre um território. Além das transformações ambientais decorrentes da intervenção, as consequências econômicas, demográficas, educacionais, profissionais e de infraestrutura mudam, também, a paisagem da região que abriga um empreendimento deste tipo. No entanto, esta interferência tem um prazo definido, pois a exploração das jazidas têm um ciclo de vida determinado. Normalmente, fica-se em um local como este por volta de cinquenta anos, ou seja, é uma narrativa com um fim anunciado, ao menos quanto ao prazo.

Estas questões fizeram com que a Vale determinasse seu foco de atuação social sobre os locais em que atua sob uma perspectiva intitulada desenvolvimento territorial. Com isso, a companhia procura criar condições estruturantes nas comunidades impactadas por suas operações de maneira que elas progridam a partir dos seus próprios potenciais. Neste sentido, a Fundação Vale cumpre um papel estratégico para a mineradora.

A entidade, uma fundação corporativa, partiu de um aprofundamento no negócio da companhia para organizar seu escopo de investimentos sociais. Não é de sua alçada o cumprimento de requisitos que visem à licença para operar, mas de instalar a lógica do desenvolvimento territorial nas comunidades-foco.

A estratégia da Vale para deixar um legado socialSabe-se que, no Brasil, a cadeia minero-siderúrgica é um dos mais importantes vetores de desenvolvimento em nível municipal. De acordo com este contexto, a Fundação Vale criou uma estratégia de engajamento e investimento que envolve três frentes: o fortalecimento da gestão pública, a melhoria da infraestrutura e o desenvolvimento humano e econômico.

As ações gerenciais junto aos governos visam capacitar as prefeituras para que incrementem seus instrumentos administrativos de tal modo que otimizem a arrecadação e utilização dos seus recursos tendo como meta a melhoria de indicadores sociais.

No que se refere ao apoio à infraestrutura, a Fundação age, sobretudo, em temas como como moradia e saneamento básico, por meio de iniciativas que contam também com parcerias junto ao poder público. Embora não seja executora direta de nenhuma ação, a entidade auxilia no desenvolvimento de projetos para a captação de recursos e, posteriormente, na gestão das obras iniciadas.

Já a dimensão do desenvolvimento humano e econômico contempla as áreas de educação, esporte, cultura e desenvolvimento profissional, meios pelos quais a entidade compromete-se a formar pessoas capazes de serem protagonistas dos futuros ciclos de progresso das comunidades de atuação.

Além do Brasil, a Fundação Vale, seguindo a abrangência global da empresa, já opera em Moçambique e na Colômbia. Peru, Chile e Nova Caledônia fazem parte dos planos futuros de implementação de unidades locais.

Principais ações
Em um dos exemplos de apoio à infraestrutura, a Fundação Vale elaborou um projeto para prefeituras concorrerem a recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal. A cada R$ 1 previsto, a Fundação conseguiu, por meio de incremento técnico dos projetos, alavancar R$ 27 do PAC para as administrações municipais. No entanto, o desafio de gestão só começa, pois é preciso acompanhar a licitação, monitoramento e execução do que foi previsto. Trata-se de uma relação que demanda equilíbrio entre capacitar o poder público em termos gerenciais - competência instalada na empresa - e, ao mesmo tempo, ter o cuidado para não substituí-lo.

Na frente de apoio à gestão pública, um dos projetos de maior destaque é o Escola que Vale. Desenvolvido em cidades do Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais e Pará, consiste na coordenação de ações voltadas à melhoria dos indicadores educacionais dos municípios contemplados. Para tanto, desenhou-se um modelo de engajamento que visa formar profissionais envolvidos direta ou indiretamente ao ensino público das cidades. Na grade curricular do projeto, disciplinas como gestão escolar, artes e línguas estão entre os fundamentos trabalhados junto a estes profissionais, de tal modo que os alunos da educação infantil à 4a série do Ensino Fundamental possam incrementar seus processos de aprendizagem quanto à leitura e à escrita.

O foco em desenvolvimento humano e econômico, por sua vez, tem como um dos projetos mais reconhecidos o Brasil Vale Ouro, cuja finalidade desdobra-se na formação de jovens por meio de modalidades esportivas e a preparação de atletas de alto rendimento em judô, natação, futebol e atletismo. Os beneficiados de melhor desempenho serão encaminhados a um centro de excelência localizado no Rio de Janeiro para acompanhamento específico direcionado a competições de grande porte.

Metodologia
O relacionamento da Fundação Vale com os territórios nos quais a empresa atua parte de uma metodologia que visa, em um primeiro momento, diagnosticar a necessidade destes locais para, depois, agir e criar um ambiente de engajamento junto a atores públicos e privados.

De acordo com Andreia Rabetim, gestora da Fundação Vale, o primeiro passo consiste em um processo de conhecimento das virtudes e demandas dos territórios. A partir disso, segundo ela, são mapeadas áreas de interesse comum entre a empresa e a sociedade. Posteriormente, este universo de prioridades é dimensionado quanto aos recursos financeiros necessários para a redução dos pontos negativos detectados e maximização das boas práticas existentes.

Com base no diagnóstico realizado, esta lista de prioridades é levada ao poder público de cada localidade, no que consiste, segundo Andreia, no "rompimento da lógica de balcão", pois gera um ambiente de diálogo junto ao governo pautado em fundamentação concreta.

A partir deste alinhamento, chega a hora da prática. E, neste sentido, capitalizar positivamente o engajamento com o poder público é fundamental para a geração de resultados efetivos para as comunidades. Andreia Rabetim afirma que, para tanto, lançou-se mão de um instrumento intitulado Parceria Social Público-Privada (PSPP), um modelo de convênio que formaliza esta união em torno de interesses comuns. "Firmamos compromissos com atores locais a partir de uma perspectiva de prioridade e longo prazo, o que otimiza a eficácia das ações e do investimento social da empresa", afirma.

Em 2012, a Fundação Vale aprofundará o fomento de ações junto aos governos municipais que visem ao desenvolvimento territorial em parceria com o setor privado, posicionando a entidade como agente de articulação interssetorial. "Com o modelo de PSPP, pode surgir um novo marco na interação entre as esferas empresarial e pública rumo a um tipo de engajamento integrado às necessidades locais e à participação social", diz Andreia.

Mensuração
A mensuração das atividades é outro ponto essencial na estratégia da entidade, embora necessite de aprofundamento. No sudeste do Pará, por exemplo, foi criado um conjunto de indicadores que permitem aferir o impacto indireto do crescimento econômico gerado na região a partir das atividades da empresa. O método permitiu prever a quantidade de padarias e mercados de pequeno, médio e grande portes que serão requeridos para dar conta do crescimento futuro no consumo local. A partir desta previsão de demanda, foi estabelecida uma parceria junto ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) da região para endereçar a questão.

Em breve, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) será uma das parceiras da Fundação no desenvolvimento de métricas que permitam avaliar a eficácia dos programas estruturais e de apoio à gestão pública.

*Por Rodolfo Araújo. Esta reportagem foi publicada originalmente no portal Com:Atitude, da Edelman Significa, e agora no Mundo do Marketing de acordo com parceria que os dois portais mantêm.

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss