6 hacks para contratar um time de vendas | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

6 hacks para contratar um time de vendas

Camely Rabelo, Diretora Comercial da Omie ressalta a importância dos dados nas decisões relacionadas ao recrutamento de vendedores durante o RD Summit 2019

Por | 07/11/2019

claudio@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Contratar profissionais é uma atividade que precisa ter métodos estabelecidos para se obter sucesso e satisfação dos colaboradores. Contudo, nem sempre é fácil, ainda mais quando se trabalha com perfis específicos como a área de vendas, que, para cada modalidade, demanda características específicas. Camely Rabelo, Diretora Comercial da Omie, durante sua palestra no RD Summit 2019, chama atenção para seis pontos de atenção ao contratar vendedores. Veja quais são abaixo:

1 - Validação - Teste antes de escalar um time de vendas. "Nós desenvolvimentos uma célula-piloto para conhecer ter um norte na hora de contratar vendedores. Medimos os KPIs dessa etapa e criamos o playbook de vendas antes de ir iniciar as contratações" conta a executiva.

2 - Você não sabe o que você não sabe - Quando ficarmos imersos em nossos próprios processo, muitas vezes nem conseguimos ter noção de alguma dúvida ou questionamento que se quer passa pela nossa cabeça. É por isso que é essa é a etapa para se contratar uma consultoria, para trazer um outro ponto de vista sobre o processo.

3 - Contrate devagar, demita rápido - Estabeleça métricas e métodos para avaliar o fit cultural do time. Dessa forma, você terá um índice que ajudará você a avaliar o quanto um colaborador está próximo do perfil que você deseja contratar.

4 - Dados para tomada decisão - Muito ligado ao tópico anterior, a decisão embasada em dados diminui as incertezas. É muito comum o líder desejar contratar pessoas com o perfil semelhante ao dele. Mas, para aquela atividade, esse perfil é o mais adequado? ressalta Camely.

5 - Você já deveria ter Sales Enablement - Durante um momento inicial, o gestor pode até se interessar em acompanhar o desenvolvimento de todos os processos mencionados acima. Contudo, com o crescimento em escala e outras atividades da agenda do gestor, ele precisará de um profissional de dedicado a esse escopo de ações para torná-lo cada vez mais eficaz.

6 - Contra dados, não há argumentos - O feedback com base no "feeling" está morto. Sim, existem habilidades de interação humana necessárias para o processo de vendas, mas basear apenas no achismo as decisões levará a ações equivocadas. Foque no feedback por performance! 

Continue acompanhando também a cobertura do RD Summit pelo canal oficial do evento neste link.

Comentários


Inteligência Inteligência

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss