Cielo se integra ao Facebook para promover lojistas e relacionamento | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Cielo se integra ao Facebook para promover lojistas e relacionamento

Clientes poderão fazer check-ins diretamente nas máquinas da operadora, compartilhar na rede social e ter acesso a promoções cadastradas pelos lojistas

Por | 28/11/2012

leticia.muniz@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Cielo,Facebook,linkci,aplicativo,ferramentaA Cielo permitirá os consumidores que fazerem check-ins e recomendações de estabelecimentos comerciais em seus perfis no Facebook. O processo será realizado por meio das máquinas de pagamento eletrônico. Batizada de Cielo Linkci, a iniciativa é a primeira frente da companhia no desenvolvimento de serviços business-to-business-to-consumer e funcionará inicialmente em São Paulo e Campinas a partir do próximo mês, para depois ser ampliada para todo o país.

O projeto atuará em três diferentes frentes: a primeira delas é voltada para o estabelecimento comercial, que poderá promover a sua marca e oferecer promoções e descontos para os clientes que fizerem check-ins e recomendações por meio das máquinas da Cielo. Outra oportunidade é a da divulgação direta boca-a-boca, já que o Facebook Brasil conta com cerca de 60 milhões de usuários.

Outra frente de atuação é junto ao cliente, que recebe as bonificações no ato da recomendação e ainda pode guardá-las para utilizar posteriormente. O terceiro ponto de contato está ligado à própria Cielo, que pretende utilizar o Linkci como uma forma de aumentar sua participação no mercado nacional. Atualmente o share da empresa gira em torno dos 95%.

Marketing Boca-a-Boca
Para participar do Linkci é preciso que o dono do estabelecimento comercial faça um cadastro na página do projeto no Facebook. A habilitação do terminal móvel é feita automaticamente em até 24 horas. Na própria página é possível criar uma fan page com logomarca onde cada loja cadastrará as promoções que oferecerá aos clientes que recomendarem seus estabelecimentos por meio das máquinas da Cielo.

As promoções atuarão como uma "moeda de troca" para que o Marketing na rede social seja feito. "Essa solução é uma forma importante de Marketing boca a boca. Com o cadastro permitimos que o lojista possa promover o seu estabelecimento fazendo uma viralização", explica o Presidente da Cielo, Rômulo de Mello Dias, em entrevista ao Mundo do Marketing.

O oferecimento de bonificações atingirá também os amigos que "curtirem" as recomendações dos clientes no Facebook, o que resultará em aumento no fluxo de clientes nos estabelecimentos comerciais participantes. "Essa é uma oportunidade de garantir a visualização da marca e a sua disseminação na rede em ampla escala", comenta Rômulo Dias.

Cielo,Facebook,linkci,aplicativo,ferramentaEngajamento de marcas
Do ponto de vista da rede social, a ideia é que a ferramenta possa atuar como uma nova forma de engajamento de marcas, que hoje atuam muito focadas em promover ações promocionais e concursos para atrair os consumidores. "Hoje mais de 13 milhões de empresas mantém páginas no Facebook e este é um processo que ajuda a tornar as marcas mais conhecidas. Esta ferramenta ajuda principalmente aqueles estabelecimentos menores que ainda não tinham uma relação com o meio digital", diz o presidente do Facebook no Brasil, Alexandre Hohagen, ao Portal.

A ferramenta deve intensificar o Marketing gerado por recomendações de amigos no Facebook, ferramenta já considerada bastante efetiva. "Acreditamos que a importância da recomendação será levada a um nível ainda maior. Sabemos que 92% das recomendações no Facebook valem mais que qualquer propaganda em TV ou mídia impressa. Os consumidores confiam naquilo que os amigos recomendam", completa, Alexandre Hohagen, em entrevista ao Mundo do Marketing.

O projeto começa a funcionar em fase piloto no dia 6 de dezembro em 30 estabelecimentos comerciais que fizeram cadastro na Grande São Paulo e em Campinas. Esta é a primeira vez que a Cielo opta por colocar um aplicativo em fase beta e a ideia é avaliar qual será a aceitação dos consumidores. "Está tudo pronto do ponto de vista tecnológico, no entanto, é fundamental avaliarmos agora como será o comportamento do consumidor e a interação com os lojistas para refinarmos as inúmeras possibilidades. O aperfeiçoamento depende do uso", pondera o Vice-Presidente de Produtos e Negócios da Cielo, Eduardo Chedid.

Comentários


Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss