Marketing e design unidos pela natureza | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Marketing e design unidos pela natureza

Empresas precisam buscar inspiração na natureza para evitar o descarte de produtos

Por | 26/06/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Marketing e design unidos pela natureza

Por Thiago Terra
thiago@mundodomarketing.com.br

A última palestra do primeiro dia no III Seminário Marketing 360º mostrou a importância e a relação da natureza com o Marketing. Design e natureza caminham juntos se levarmos em consideração a precisão das soluções da natureza. As embalagens são caixas de biscoitos e também estão presentes nas frutas. A natureza serve como inspiração para tecnologia e projetos. "O morcego inspirou o radar e os barcos foram desenvolvidos com base nas baleias", avalia Fred Gelli, sócio-diretor da Tátil Design de Idéias.

Entender como a natureza "pensa" é um trunfo para quem desenvolve tecnologias, já que hoje é normal descartar um objeto mesmo que este tenha sido lançado há pouco tempo. De acordo com um estudo, o descarte de aprelhos celular é cada vez maior. Teve época em que a Nokia lançou dois telefones no ano. Hoje a empresa chega a lançar cerca de 37 aparelhos em 12 meses.

À medida em que a tecnologia avança a quantidade de objetos também cresce. Hoje o número de produtos é dez vezes maior que há alguns anos, segundo Gelli. "Pesquisas mostram que se 30% dos chineses ou indianos comerem um frango a mais por ano, o planeta entra em colapso", conta.

Lixo sem espaço para crescer
O descarte de objetos no planeta precisa dimunir o mais rápido possível já que não há mais espaço para colocar o lixo. Em algum momento teremos que pensar mais seriamente na questão da reciclagem. "99% do que plantamos, extraímos e processamos é descartado em 6 meses", afirma o executivo.

Uma das soluções práticas e de curto prazo que podem ajudar na diminuição de lixo eletrônico no planeta seria o download das atualizações de um aprelho celular evitando o lançamento de novos celulares a cada seis meses. "A idéia é customizar um aparelho para usá-lo por mais tempo e gerar uma conexão emocional com esses objetos. Isto diminui a vontade de jogar fora", explica Gelli, em palestra no III Seminário Marketing 360º.

Um exemplo natural do que Fred Gelli conta é que as primeiras flores que surgiram eram abertas para qualquer "cliente", que tinham acesso total ao nectar. Até que a natureza começou a selecionar. "Hoje temos flores que só atendem a uma espécie de vespa através de sensores. Esta é uma forma de fidelizar o cliente", compara o executivo.

De acordo com Gelli, as marcas que vão prosperar são as que criarem produtos que tragam algum bem maior ao mundo. "O Google não gera dinheiro só para os donos. Gera benefício para o planeta inteiro", completa Fred Gelli. O III Seminário Marketing 360º é patrocinadpo pela Sun MRM Worldwide, Copernicus Marketing Consulting, Dinamize e TNS Inerscience.

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss