Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Reportagens

Marketing Animal
Mercado Pet cresce com exigências de novos consumidores

Com estratégias cada vez mais inovadoras, empresas do segmento animal mostram a expectativa para o mercado e as novidades que preparam para este setor

Por | 13/09/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Marketing Animal
Mercado Pet cresce com exigências de novos consumidores

Por Thiago Terra
redacao@mundodomarketing.com.br

A relação entre o homem e os animais domésticos vem se tornando um verdadeiro sentimento familiar. Nos dias de hoje, viver uma vida de cão não parece tão desagradável ou sofrível como antes. Com o aumento da procura por companheiros de quatro patas, os consumidores não medem esforços quando o assunto é a saúde ou o bem estar destes animais. Quem surge com inúmeras novidades e aproveita corretamente este novo nicho são as empresas voltadas para o tratamento de animais de estimação, ou se preferir, os Pets.

 Com estratégias de marketing cada vez mais inovadoras, empresas do segmento animal mostram a expectativa para o mercado e as novidades que preparam para este setor. Com o aumento crescente de animais com lugar de destaque nas famílias, ou como companheiros de crianças, idosos e casais sem filhos, aumenta também os cuidados com a sua saúde e bem estar na mesma proporção das exigências dos seus donos. Antes, o mercado de Pet Shops era voltado apenas para oferecer benefícios funcionais aos animais, como alimentação e nutrição. Porém, esta categoria vem evoluindo ao longo do tempo, e conseqüentemente, atingiu também a relação entre o homem e o seu Pet com a ajuda de ações de marketing, com estratégias elaboradas para atingir o veterinário e o proprietário dos animais.

De acordo com Jonh Ament (foto), diretor de marketing da MARS Brasil, responsável pela Pedigree, os consumidores de tempos atrás tinham animais em casa por gostar de bichos de estimação. Hoje, as pessoas têm animais porque querem um cão de guarda, um membro a mais na família, um companheiro para as crianças, e até para substituir filhos que saíram de casa. Com isso, além de alimentar o bicho de estimação, os donos querem satisfazer supostas vontades. "Eles se preocupam em dar algo que o animal goste de comer, já que ele substitui um membro da família", diz Ament.

Pesquisa de mercado
Com base nos dados de que este mercado cresce gradativamente, as estratégias de marketing destas empresas são desenvolvidas para atingir de forma eficiente o consumidor. Atender da melhor forma as necessidades dos Pets é um caminho que certamente levará uma marca deste segmento ao sucesso, como acontece com a Pet Society, empresa voltada para a cosmética animal e que tem como filosofia apresentar o melhor atendimento e suprir as necessidades dos animais.

Segundo a Diretora de Marketing da Pet Society, Marly Fagliar, a meta da empresa é utilizar pesquisas de desenvolvimento de produtos para melhorar a convivência dos animais com a família. Prova disso é a preocupação em evitar os arranhões causados pelas unhas grandes. A Pet Society desenvolveu protetores para que as pessoas não sofram com arranhões. Entre as novidades da empresa está a borracha natural que retira pêlos das superfícies e pode ajudar o dia-a-dia de pessoas alérgicas, evitar os pêlos flutuantes no ambiente, e sobretudo ajudando na convivência familiar.

A empresa oferece ainda produtos de higiene e de embelezamento, como um novo creme dental cujo estudo clínico foi realizado por faculdades de São Paulo que comprovam a eficácia do produto. A Pet Society utiliza também um produto que funciona como um corretivo de manchas ou lesões nos olhos dos cachorros. "Não é uma maquiagem, é um produto que forma uma película protetora para evitar que a lágrima ácida do animal entre em contato com a região já machucada", conta.

Inovações
Este mercado atrai também empresas multinacionais. A Pfizer, por exemplo, late alto quando o assunto é cuidados para os Pets. As estratégias de marketing da empresa são inseridas em um planejamento anual, muitas delas apoiadas em pesquisas junto a veterinários e consumidores em todos os pontos de vendas. Recentemente, a companhia lançou o Revolution, um produto anti-pulgas que também elimina parasitas e foi criada a partir de pesquisa com o consumidor final.

 A estratégia de marketing da Pfizer abrange a equipe de vendas, os veterinários, lojistas e balconistas, até o consumidor final. Para Stella Grell (foto), gerente de produtos da unidade de negócios animais da empresa, neste mercado destaca-se a farta informação disponível que ajuda na mudança do relacionamento entre proprietário e animal. Os produtos e serviços destinados aos animais estão desenvolvendo suas próprias características. Segundo Marly, da Pet Society, consumidores não querem adaptar produtos ou serviços para os seus animais.

A alta qualidade e uma boa performance são o mínimo que eles buscam dessas empresas, já que para os donos, trata-se de um "filho". "Exemplo desta preocupação é que no mercado existem produtos para banho de secagem 30% mais rápida para evitar atormentar ou estressar os animais com o barulho", conta a diretora da Pet Society.

Tratamento especial
Uma das marcas mais presentes no mercado de animais domésticos é a Pedigree. A empresa tem como filosofia inovar seqüencialmente e uma de sua muitas novidades é a composição de suas rações com base de produtos que oferecem maior prazer ao animal ao comer. Não satisfeita, a marca cria novas linhas de produtos mais equilibrados e naturais, com mix de vegetais, cereais além das atividades em pet shops, oferecendo kit para filhotes. "Facilitamos a chegada de um filhote na casa do consumidor com manual de instruções, quais as dificuldades, como lidar com eles, as conseqüências, etc", diz Jonh Ament, da Pedigree, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Na Pet Society, o que os consumidores fazem para proporcionar o bem estar dos animais vai além de todos os produtos das pet shops, como camas, casas. Hoje existe uma freqüência maior em centros estéticos não só para banho e tosa, mas também para tratamento da pelagem, hidratação e tonalização da pelagem e até cauterização. "Muitas vezes estes animais são submetidos a tratamentos químicos, escova e até chapinha, utilizado por mulheres, em animais de pelagem longa e isto deixa a pelagem ressecada, sem brilho, opaca e para isso existem serviços para recuperar o pêlo do animal", conta Marly.

Comentários


Acervo

Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss