Relações Públicas Reimaginadas: O Poder da RA, IA e Blockchain Bruno Mello 31 de maio de 2024

Relações Públicas Reimaginadas: O Poder da RA, IA e Blockchain

         

Ricardo Martins comenta sobre ferramentas para os profissionais criarem campanhas mais envolventes

Relações Públicas Reimaginadas: O Poder da RA, IA e Blockchain
Publicidade
Prime Day Amazon

O campo das relações públicas é conhecido por estar sempre à frente em inovações comunicativas, ajustando constantemente aos novos métodos pelos quais as pessoas acessam e interpretam informações. Atualmente, tenho observado uma transformação revolucionária neste setor, impulsionada por tecnologias avançadas, incluindo realidade aumentada, chatbots e blockchain. Essas ferramentas estão configuradas para remodelar significativamente a paisagem das relações públicas.

Realidade Aumentada: Imersão e Engajamento

A realidade aumentada está ampliando os horizontes para campanhas de relações públicas ao criar experiências imersivas que capturam a atenção do público de maneira única. Segundo um estudo da Deloitte, cerca de 88% das empresas de médio porte nos EUA já estão utilizando alguma forma de RA em suas operações. No campo das relações públicas, a RA pode ser utilizada para lançamentos de produtos, onde os consumidores podem experimentar itens virtualmente antes de chegarem às lojas, aumentando o engajamento e melhorando a percepção da marca.

Um bom exemplo disso, foi feito pela marca de cosméticos Sephora que utilizou a RA em seu aplicativo possibilitando que os clientes testassem virtualmente diferentes produtos de maquiagem, resultando em um aumento significativo nas vendas e no engajamento dos usuários.

Chatbots: Comunicação Instantânea e Personalizada

Publicidade

Os chatbots, impulsionados pela Inteligência Artificial (IA), estão transformando a maneira como as marcas se comunicam com seus públicos, oferecendo atendimento instantâneo, personalizado e escalável. Com a capacidade de entender a linguagem natural e fornecer respostas contextualmente relevantes, podem lidar com uma ampla gama de consultas e interações dos clientes, desde suporte técnico até recomendações de produtos.

Para os profissionais de relações públicas, os bots oferecem uma oportunidade de melhorar o relacionamento com os públicos, fornecendo informações e assistência 24 horas por dia, 7 dias por semana. Isso é particularmente valioso em situações de crise, onde a capacidade de responder rapidamente e fornecer informações precisas pode fazer a diferença na gestão da reputação da marca.

Além disso, os mesmos podem ser utilizados para realizar pesquisas e obter insights valiosos sobre as percepções e preferências dos públicos. Ao analisar as interações com os chatbots, as marcas podem identificar tendências, preocupações e oportunidades de melhoria em suas estratégias de comunicação.

Blockchain: Transparência e Segurança

O blockchain, a tecnologia por trás das criptomoedas como o Bitcoin, tem o potencial de revolucionar a maneira como a informação é verificada, armazenada e compartilhada, trazendo novos níveis de transparência e segurança para as relações públicas. Com sua estrutura descentralizada e imutável, o blockchain pode ser usado para criar um registro confiável de informações, desde comunicados de imprensa até interações com influenciadores. Prova disso, é um estudo da IBM que revela que 62% dos executivos acreditam que o blockchain será uma tecnologia disruptiva no setor nos próximos anos.

Uma das principais aplicações do blockchain nas relações públicas é no combate às fake news e à desinformação. Ao registrar informações no blockchain, é possível criar um “carimbo de autenticidade” que permite que se verifique a origem e a integridade do conteúdo. Isso é especialmente valioso em uma era onde a confiança do público na mídia e nas instituições está em declínio.

O blockchain pode ser usado para criar programas de fidelidade e recompensas transparentes e confiáveis, onde os consumidores podem ganhar e resgatar pontos ou tokens com base em suas interações com a marca. Isso não apenas incentiva o engajamento, mas também fortalece a confiança e a lealdade do cliente.

O Futuro das Relações Públicas

A Realidade Aumentada, os Chatbots e o Blockchain são apenas algumas das tecnologias disruptivas que estão moldando o futuro das relações públicas. À medida que essas inovações continuam a evoluir e a se integrar, elas oferecem oportunidades sem precedentes para os profissionais de relações públicas criarem campanhas mais envolventes, construírem relacionamentos mais fortes com os públicos e fortalecerem a reputação e a confiança da marca.

No entanto, para aproveitar ao máximo essas tecnologias, os profissionais de relações públicas precisam estar dispostos a adaptar suas estratégias e a adquirir novas habilidades. Isso requer uma mentalidade de aprendizado contínuo, uma disposição para experimentar e uma compreensão profunda de como essas tecnologias podem ser aplicadas para atender aos objetivos de comunicação.

Com grande poder, vem grande responsabilidade, e é vital que usemos essas ferramentas de maneira responsável e transparente, sempre colocando os interesses dos públicos em primeiro lugar.

*Ricardo Martins é graduado em Marketing, Pós-Graduado em Neurociência, Consumo e Marketing e também em Jornalismo Digital e Marketing Estratégico Digital. Fundador da TRIWI, atua como professor e consultor credenciado ao SEBRAE. Com mais de 22 anos de experiência em Marketing Digital, sua trajetória profissional inclui empresas como Polishop, XP Investimentos, TOTVS e CNA e consultor de empresas como B3, Lupo, Multi.

Leia também: Uso de IA por profissionais de Marketing subirá de 10% para 40% até 2026, segundo Gartner


Publicidade
Oferta Antecipada Prime Day