Printemps: Vitrines em Paris 2 de abril de 2010

Printemps: Vitrines em Paris

Publicidade

<p style="text-align: center;"><img height="413" width="550" src="/images/materias/P1130598_redimensionner.JPG" alt="" /></p> <div style="text-align: justify; margin: 0cm 0cm 10pt;"><span style="line-height: 115%; font-size: 12pt;"><font face="Calibri">A primavera aponta suas primeiras flores nos parques e sacadas de Paris e as vitrines viram extensões desses belos quadros florais. O boulevard Haussman em toda sua extensão faz alusão à estação não só nas vitrines, mas no merchandising interno e até nos restaurantes que servem novas saladas de flores. </font></span></div> <div style="text-align: justify; margin: 0cm 0cm 10pt;"><span style="line-height: 115%; font-size: 12pt;"><font face="Calibri">A <i>mise en scene </i>das vitrines me faz pensar no beste-seller “<strong>Amar, Rezar e Comer</strong>”, de Elizabeth Gilbert. No primeiro encontro dela com o guru Ketut, em Bali, ela explica que busca encontrar o equilíbrio entre o espiritual e o material. O sábio responde: “Para encontrar o equilíbrio que você busca,  você tem que se transformar nisso” –  faz um desenho de uma pessoa de pé, que, no local da cabeça, tem apenas enormes tufos de samambaias e flores.</font></span></div> <div style="text-align: center; margin: 0cm 0cm 10pt;"><span style="line-height: 115%; font-size: 12pt;"><font face="Calibri"><img height="600" width="450" src="/images/materias/P1130618_redimensionner.JPG" alt="" /></font></span></div> <div style="text-align: justify; margin: 0cm 0cm 10pt;"><span style="line-height: 115%; font-size: 12pt;"><font face="Calibri">Não sei de onde surgiu esta inspiração para criar as vitrines da Printemps, mas sem dúvida elas nos tocam não apenas pela beleza, mas de certa forma nos fazem refletir – além da forma de flores em globo, na cabeça, o mapa mundi parece estar desenhado ao longo das vitrines.  Talvez o que precisamos de verdade além de pensamentos verdes, tão em voga no momento, é fazer florescer novos conceitos, brotar novas ideias e valorizar o simples, como a própria natureza… certamente isso pode nos fazer prosperar em vários sentidos – de corpo e da alma. </font></span></div> <p style="text-align: center;"><img height="413" width="550" src="/images/materias/P1130601_redimensionner.JPG" alt="" /></p> <p style="text-align: center;"><img height="413" width="550" src="/images/materias/P1130605_redimensionner.JPG" alt="" /></p>


Publicidade