Preços paulistanos registraram queda em dezembro 20 de janeiro de 2010

Preços paulistanos registraram queda em dezembro

         

Índice de Preços no Varejo da Fecomercio indicou redução de 0,05% no período

Publicidade
Amazon Prime Day

<p>Os preços no comércio paulistano tiveram queda de 0,05% em dezembro, ante a elevação de 0,11% em novembro, como indica o Índice de Preços no Varejo (IPV) da Fecomercio. Com este resultado, o indicador acumula variação positiva de 0,46% em 2009, patamar bastante inferior ao registrado em 2008, quando o indicador acumulou alta de 4,75%.</p> <p>Dos 21 grupos analisados pelo IPV, nove finalizaram dezembro com queda nos preços. O segmento de supermercados, com o maior peso na formação do índice geral, finalizou 2009 com variação acumulada de 0,15%. Em dezembro, o grupo registrou redução de 0,69%, influenciado pelas quedas do leite (-2,63%), frutas (-3,18%), ovos (-3,32%), aves (-3,63%), conservas (-3,86%) e tubérculos (-11,53%).</p> <p>Outra categoria que obteve baixa em dezembro foi a de eletroeletrônicos, com -1,52%. As reduções mais relevantes foram observadas em telefonia (-2,79%), informática (-1,47%) e produtos de imagem e som (-1,28%). No acumulado de 2009, o segmento atingiu redução de 4,5%.</p> <p>O benefício fiscal do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) no setor de móveis e decoração teve efeito importante nos preços destes produtos, recuando 0,37% contra a elevação de 0,40%, constatada em novembro. No entanto, no último ano, a atividade registrou alta de 2,46% acumulada. Outros segmentos que finalizaram dezembro com preços inferiores foram veículos (-0,01%), drogarias e perfumarias (-0,18%), eletrodomésticos (-0,20%), CDs (-0,39%), brinquedos (-0,17%) e óticas (-0,07%).</p> <p>Já o setor de vestuário, tecidos e calçados finalizou o mês com elevação de 0,47%. No acumulado de 2009, o setor atinge incremento de 0,61%. Outro setor que sinalizou alta no IPV foi o de combustíveis e lubrificantes, com 0,69%, e alta de 3,87% no acumulado do ano. Outros segmentos que também registraram preços mais altos foram os de lubrificantes (0,49%) e combustíveis (0,70%).</p> <p>Feiras finalizaram 2009 com a maior variação no acumulado do período, 14,28%. Apesar da elevação, o peso deste segmento na composição do IPV é de apenas 2,51%. Em dezembro, os preços dos produtos comercializados em feiras tiveram elevação de 2,18%. Os resultados mais relevantes foram observados em verduras (10,37%), flores (4,6%), legumes (2,77%), aves (1,29%) e frutas (0,65%).</p> <p>O setor de padarias apresentou alta de 0,38% no período, influenciado pelo aumento em bebidas (1,33%) e panificados (0,57%). No ano, a atividade acumula alta de 9,46%. Outros segmentos que finalizaram dezembro com preços mais elevados foram relojoarias (1,91%), material de construção (0,47%), autopeças e acessórios (1,07%), material de escritório e outros (0,86%) e açougues (0,18%).</p>


Publicidade