Preço de pesquisa entra em discussão 23 de março de 2010

Preço de pesquisa entra em discussão

         

Empresas reajustarão a cobrança depois de um ano de crise

Publicidade
Amazon Prime Day

<p>Depois de um ano como o de 2009, em que as empresas de pesquisas tiveram que baixar os preços dos estudos para manter os clientes, 2010 sinalizará um aumento no valor cobrado. Se antes os clientes no Brasil já reclamavam, o 4º Congresso mostrou que a gritaria será maior ainda. <br /> <br /> Para as fornecedoras, o mercado está se sofisticando e deixando de ser baseado em preço. “Entregamos valor”, ressalta Pedro Ros, CEO da TNS. “Tivemos muita pressão em 2009, baixamos os preços, e agora temos que recuperar o valor pelo que entregamos”, disse Petra Heinlein, executiva do board da GFK.</p> <p style="text-align: center;"><img height="410" width="350" src="/images/materias/preco-de-pesquisa-em-discussao.jpg" alt="Preço de pesquisa entra em discussão" /></p> <p style="text-align: center;"><strong>Petra Heinlein, da GFK</strong></p>


Publicidade