Otimismo do consumidor paulista continua estável 18 de março de 2010

Otimismo do consumidor paulista continua estável

         

Índice da Fecomércio registrou variação de 0,1% em relação ao mês anterior

Publicidade

<p>Os consumidores paulistas estão otimistas. Segundo o índice Intenção de Consumo da Família (ICF), calculado pela Fecomercio, a intenção de consumo permaneceu estável em março, em São Paulo, registrando variação de 0,1% na comparação com o mês anterior. Apesar da ligeira oscilação, o índice geral e todos os itens que compõem o ICF estão acima do valor apontado pelo indicador em agosto de 2009, quando o indicador começou a ser medido.<br /> <br /> Numa escala que varia de 0 a 200 pontos, quatro dos sete itens apresentaram variações positivas. Renda atual saltou dos 154,1, em fevereiro, para 159,6 pontos em março e perspectiva de consumo registrou 141,8 pontos ante 136,9, ambas com crescimento de 3,6%. Já o nível de consumo atual passou de 104,5 pontos para 106,3, registrando alta de 1,8%, enquanto emprego atual saiu dos 140,5 para alcançar 142,1, um crescimento de 1,1%.<br /> <br /> Perspectiva profissional teve queda de 2%, passando de 122 pontos para 119,5. Acesso ao crédito decresceu 2,7%, de 159,7 pontos para 155,4, e momento para duráveis registrou retração de 4%, saindo dos 147,2 pontos para 141,3.</p>


Publicidade