Oportunidades Desperdiçadas 17 de maio de 2010

Oportunidades Desperdiçadas

         

Oportunidades

Publicidade

<p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 10pt"><span new="" style="font-family: "><img alt="" align="right" width="200" height="301" src="/images/materias/Blog%20Beth/desperd%C3%ADcio.jpg" />Primeiro o crédito. Este post é inspirado em um tema que o Romeo Busarello - Diretor de Internet da Construtora Tecnisa - aborda em suas palestras e aulas: as incontáveis oportunidades desperdiçadas no universo de negócios. Há várias facetas aqui: podem ser as oportunidades que não vemos por falta de conexão com as mudanças da sociedade e com os desejos dos consumidores e podem ser os negócios certos perdidos em função de ineficiência. </span><span new="" style="font-family: ">Muitas vezes colocamos nosso tempo, energia, experiência e conhecimento em busca de alternativas para vender mais, melhor e por mais tempo. Porém, diversos motivos que acontecem no dia a dia levam ao desperdício de oportunidades. </span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 10pt"><span new="" style="font-family: ">No ano passado, estive em diversas lojas de móveis e decoração realizando orçamentos como parte de um projeto sobre moradias (veja algumas reflexões no post: <a target="_blank" href="https://www.mundodomarketing.com.br/11026,70,blogs,a-teoria-dos-erros-basicos.html">A Teoria dos Erros Básicos</a>). Passados oito meses, uma das marcas não me contatou uma única vez nem enviou o orçamento dos móveis escolhidos. Estive na loja quatro vezes, uma para orçar e as demais para cobrar o orçamento e telefonei mais umas três. Em todas as vezes que retornei, a vendedora não estava e ninguém podia acessar seus arquivos para me apresentar o orçamento, nem mesmo a gerente. Ainda neste segmento fiz um orçamento em uma loja de luminárias e tentei marcar um horário em um sábado para esclarecer dúvidas e talvez para fechar o pedido. O vendedor me informou que não poderia me atender no sábado já que a loja tem muito movimento neste dia. Interessante. Ele tem tempo para atender novos clientes, mas não para fechar um pedido quase certo. Os dois exemplos são de marcas renomadas e localizadas em áreas nobres de São Paulo. </span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 10pt"><span new="" style="font-family: ">A área de marketing é sempre muito cobrada em apresentar soluções que façam acontecer e, quando o resultado não é satisfatório, é porque a campanha não foi forte, o folheto não chegou a tempo, não houve alinhamento ou a estratégia não foi bem escolhida. <span style="mso-spacerun: yes"> Porém, s</span>e fizermos um “pente fino” em nossas práticas, iremos descobrir situações cabeludas que todos os dias desperdiçam estes esforços.</span><span new="" times="" style="font-family: "><o:p></o:p></span></p>


Publicidade