O que é CRO e como utilizá-lo de maneira assertiva Mundo do Marketing 30 de março de 2022

O que é CRO e como utilizá-lo de maneira assertiva

         

Extrair o melhor do tráfego de um site é fazer a marca crescer e ganhar relevância. Veja como trabalhar essa estratégia e quais ferramentas auxiliam a Otimização da Taxa de Conversão.

O que é CRO e como utilizá-lo de maneira assertiva
Publicidade
Oferta Antecipada Prime Day

A Internet transformou radicalmente a forma como construímos e promovemos empresas, visto que temos acesso a muito mais recursos e um potencial de alcance cada vez maior. Parece até clichê dizer que é importante investir no digital e repetir a famosa frase “quem não é visto não é lembrado”. Uma empresa que não está inserida na Internet possui menores chances de ser vista por grande parte do público que não vive sem estar conectado. Há, no entanto, as que estão trabalhando na web, nas não conseguem ver resultados palpáveis.

O diferencial entre estar na web e estar obtendo resultados nela é quanto ao uso do CRO (Conversion Rate Optimization) ou “Otimização da Taxa de Conversão”. Com ele é possível melhorar a performance do site, extraindo o melhor do tráfego e fazendo a marca crescer. A maioria dessas estratégias digitais visa atrair mais pessoas a uma página, já a otimização de conversões ajuda a empresa a garantir que se obtenha mais valor de cada visitante, maximizando sua taxa de conversão. Às vezes, isso significa incluir mais oportunidades de conversão e outras vezes, melhorando as que já possui.

Com o aumento da competitividade nos negócios, tornou-se imprescindível que as empresas não só entendam como esses usuários interagem com a página, mas também como fazer essa visita se converter em dinheiro.

O que é CRO?

O CRO é uma estratégia é baseada no aprimoramento constante dos elementos do website visando atrair e converter mais usuários. Ele atua com melhorias construídas por meio de testes contínuos a fim aproveitar a audiência e transformá-la em resultados, reduzindo o custo de aquisição de cliente (CAC). Esses testes permitem realizar mudanças de navegação que podem impactar a taxa de conversão.

Com o CRO, o aumento de resultados não depende investimentos em canais de aquisição, mas de um aproveitamento da audiência que já possui, ou seja, de otimizar o que já acontece atualmente em termos de tráfego. Ele existe para garantir que esse fluxo converta em vendas e não se percam oportunidades por erros que facilmente poderiam ser eliminados.

Publicidade

Estratégia de CRO

Como todo método, o CRO tem alguns passos essenciais para que o melhor resultado seja alcançado. Como dito anteriormente, os testes são fundamentais e eles só poderão ser realizados após os dados serem coletados. Essa etapa de apurar informações pode levar bastante tempo, mas ela precisa ser feita minunciosamente seja por entrevistas com clientes, pesquisas na própria página ou por análise de métricas.

A segunda etapa é interpretar o que foi coletado para buscar oportunidades reais de melhoria. Nem sempre os dados serão claros, por isso um olhar empático sobre o que o cruzamento de dados fornece se faz necessário – o fator humano aqui se torna tão importante quando o analítico.

Para saber se a interpretação foi correta é necessário realizar os testes – os de modelo A/B são os que funcionam melhor porque são a forma mais confiável para se avaliar a necessidade e desempenho de qualquer mudança em uma página ou site.E les deverão durar o tempo mínimo de 15 dias.

Nesse momento otimizar a estratégia e acompanhar os resultados é fundamental, uma vez que se vive um processo e ele não pode ser interrompido. Ao analisar no final, é hora de agir e consertar o que se tem que ser melhorado. Esse processo precisa ser repetido, porque outras variáveis podem surgir com o tempo.

Ferramentas para CRO

Veja abaixo 5 ferramentas que auxiliam nesse processo de Otimização da Taxa de Conversão.

1- Mixpanel: Ele rastreia as interações do usuário com aplicativos da Web e móveis e fornece ferramentas para comunicação direcionada com eles. Seu conjunto de ferramentas contém testes A / B no aplicativo e formulários de pesquisa de usuário.

2- Crazyegg: Com ele é possível saber o que os visitantes da web estão fazendo com ferramentas, como mapas de calor, gravações, testes A/B e muito mais.

3- Unbounce: Com o editor Unbounce é possível criar landing pages, pop up e banner fixo (de cabeçalho e de rodapé) nas páginas online, sem contratar um desenvolvedor. Gerando mais leads e mais vendas.

4- Kissmetrics: Ele é uma plataforma de análise e monitoramento de usuários que se destaca entre as principais soluções do mercado por entregar relatórios muito específicos.

5- Qlink: Este é um produto gratuito que permite criar relatórios e painéis interativos com gráficos e tabelas. O software de visualização simplifica a análise de dados e ajuda você a tomar decisões de negócios informadas com mais rapidez do que nunca. Transforme planilhas em visualizações mais claras, tornando o processo de análise mais simples e rápido para todos os usuários.

Otimização da conversão no e-commerce

Um dos maiores desafios para quem trabalha em um e-commerce é promover a retenção do cliente em todas as etapas de compra. Não são raras as vezes em que o consumidor fecha a página repentinamente, desistindo da transação. O menor empecilho ou a falta de alguma informação leva ao abandono do carrinho com as peças antes desejadas. Os empresários que desejam transformar visitantes em compradores não podem abrir mão de trabalho e observação constantes para acompanhar as mudanças ao longo do tempo.

Antecipar as necessidades do cliente é a premissa para quem atua no on-line. Diferente da loja física, onde existe a possibilidade de experimentar o produto e de ser auxiliado por um vendedor, no virtual o consumidor está sozinho. Mesmo que exista um chat com um atendente tirando dúvidas, a experiência é diferente. Isso torna necessário o fornecimento de detalhes das peças em zoom, de opções de combinação e de tabela de medidas.

Manter o estoque sempre cheio é um atrativo que pode ser determinante no convencimento do internauta em continuar sua visita pelo site. Quando aparece a palavra esgotado, a empolgação e o interesse tendem a diminuir, principalmente quando a situação se torna recorrente em outros produtos visualizados. Para amenizar essa falha, é recomendado utilizar paliativos, como um botão de “avise-me quando chegar”. Outra saída é retirar temporariamente do site a exibição do produto que não possui nenhum exemplar à venda.

Somente com processos simples, uma marca se torna acessível ao cliente e pronta para recebê-lo. Muitas etapas na navegação e na compra inibem o internauta e o faz enxergar a burocracia de preenchimento de um cadastro, por exemplo, como um empecilho. Qualquer interrupção que ele sofra pode fazê-lo desistir da compra.

Testes de variáveis

O momento de efetivar a compra é crucial, uma vez que é quando muitos abandonam os carrinhos. Muitas vezes, a página é fechada por não estarem disponíveis informações sobre o tempo de entrega ou as condições de pagamento. Fornecer antecipadamente esses dados evita a desistência por desconhecimento. Se o webshopper entrar no site pela página inicial, a home, já deve encontrar ali um banner que avise sobre a possibilidade de pagamento com cartão e de parcelamento, as taxas de frete ou mesmo alguma promoção exclusiva.

A utilização de serviços que mapeiam o site a fim de encontrar potenciais chamarizes para ações é bastante comum entre as companhias. São essas ferramentas que apontam onde há a possibilidade de reter o visitante. Entre os métodos utilizados está o mapeamento de calor da página e a utilização de leitores analíticos, que revelam em qual peça o internauta mais tem interesse ou em que etapa do consumo ele desiste da aquisição. Manter a atenção nesses gráficos é essencial para que os dados sejam casados a outras iniciativas, como e-mail Marketing e redes sociais.

Para atrair o visitante de volta ao site, as empresas utilizam o re-targeting. A técnica permite que anúncios na web sejam segmentados de modo a aparecerem apenas para quem já teve algum contato anterior com a marca, aumentando a conversão.


Publicidade
Prime Day