O papel da internet na construção de marca 22 de março de 2010

O papel da internet na construção de marca

         

Adolescente e adultos apresentam comportamentos similares na web

Publicidade

<p>A palestra de Valkiria Garré, Diretora Executiva da Millward Brown do Brasil, teve como foco o mundo digital e como ele pode ser usado na construção de marcas. Nela, Valkiria aponta para três aspectos principais: olhar o consumidor sobre o ponto de vista das marcas, da propaganda e dos meios. Se comparado ao consumidor off-line – ou não digital, a pesquisa mostra que no meio digital, eles percebem mais vantagens e se envolvem mais com as marcas.</p> <p>Não precisa se esforçar para perceber que a tendência é de que em países com maior penetração da internet, os consumidores são mais bem informados e conhecem mais sobre as marcas. “É o que chamamos de círculo virtuoso do branding, onde consumidores digitais são mais jovens, mais bem informados, pesquisam mais e compram mais pela web. O conhecimento sobre marcas os tornam influenciadores de outras pessoas. Por isso, vale a pena investir neste consumidor”, afirma Valkiria.</p> <p>No Brasil, a tecnologia tem maior procura pelos internautas, seguido por carros, roupas e restaurantes. Porém, o internauta pode ser dividido em dois targets: adolescente e adultos. Os adolescentes estão buscando jogos, redes sociais, músicas, vídeos e mensagens. Já os adultos estão em busca de notícias, basicamente. A pesquisa feita pela Millward Brown do Brasil aponta para um relacionamento entre adolescentes e marcas baseado em roupa, tênis e tecnologia. “Apesar de extremamente ativo na web, o jovem tem dificuldade de falar de propaganda na internet. Tanto positiva quanto negativamente”, diz Valkiria.</p> <p>É inegável que a TV é parte do mundo do jovem, porém, sem a internet eles se sentiriam longe dos amigos, dos jogos, das informações de fácil acesso, e desatualizados. Assistir a telinha está diretamente ligado à propaganda para os adolescentes. Assim como os mais jovens, os adultos também procuram marcas na web após verem uma propaganda na TV. Como a Coca-Cola, por exemplo.</p> <p>O estudo mostra que 13% dos internautas descobriram a marca de refrigerantes na internet por meio da TV. Outro dado interessante é de que, tanto adultos quanto jovens, pesquisam preços na web e compram na loja por motivos de segurança. Visto isto, será cada vez mais comum ver anunciantes levando para a web o conteúdo gerado para a TV. O Axe Chocolate, por exemplo, criou banners divertidos na web que depois foram para a mídia tradicional. Sem falar do Homem-chocolate que virou personagem de um game on-line. “Chamar a atenção de adolescentes na web não é fácil”, completa Valkiria (foto).</p> <p style="text-align: center"><img alt="O papel da internet na construção de marca" width="400" height="178" src="/images/materias/valkiria.jpg" /></p>


Publicidade