NRF 2010 – Entregue o que prometeu 14 de janeiro de 2010

NRF 2010 – Entregue o que prometeu

         

Eventos

Publicidade

<p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span style="font-family: "><img alt="" align="right" width="300" height="225" src="/images/materias/Blog%20Beth/NRF10.JPG" /></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">Todo evento possui temas brilhantes e recorrentes e temas emergentes, sutis e periféricos. Gosto mais dos últimos. Mas primeiro vamos ver os temas e conclusões que surgiram na primeira camada de reflexões da NRF 2010:</span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: "><o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- A conscientização de que, durante a crise, o poder do consumidor aumentou. Não apenas em função das redes sociais e ferramentas tecnológicas, mas porque ele se tornou difícil e menos propenso ao consumo. E, sabemos, desinteresse aumenta o poder. E este poder significa que ele quer mais por menos. Importante: não quer só o menos;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- A reflexão de que algumas mudanças de comportamento vieram para ficar;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- A curadoria de supply chain, que inseriu diminuição de estoques e depuração da amplitude e profundidade do mix. Por que precisamos de tantas alternativas no final das contas?<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Multicanal ainda é assunto, porque ainda não está resolvido. O processo de check-out na internet, por exemplo, não entrega a segurança que o consumidor busca. Falta também sincronicidade de movimentos multicanal, o que, na opinião de varejistas, não é possível. Por exemplo, o mesmo preço nos diversos canais;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- No Brasil e nos Estados Unidos há muita discrepância entre o discurso e a prática. Se uma marca promete deveria entregar;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Na crise braba, as marcas esquecem os outros ativos. Sobrevivem: preço, desconto, promoção. E é isso. E, lá no canto da loja, os funcionários se viram como podem já que os investimentos em treinamentos cessam;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Venda soluções e não produtos;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- A apresentação do CEO da Tesco valeu a viagem, pela coerência, magnitude, profundidade e integração entre teoria e prática, promessa e entrega. Um europeu foi o show no maior evento norte-americano de consumo;  </span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: "><o:p>- O consumo do luxo é cada vez menos uma demonstração de poder ($);</o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- O Brasil virou cool. A população, os esportes, a cultura e a natureza sempre foram. Agora chegou a vez da economia.</span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: "><o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"> </p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">E entre os temas emergentes e sutis na segunda camada de reflexão de varejistas:<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- As pessoas e suas necessidades começam a suplantar processos e métricas;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- O que diferencia uma empresa é a criatividade aportada em sua oferta de valor;<span style="mso-spacerun: yes">  </span><o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Causas e senso de finalidade comprometido são os modelos de negócio que irão fazer diferença;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Cai a ficha da relevância da conectividade, colaboração e redes sociais;</span><span new="" style="font-family: "><o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Mobile é um desafio a que se dedicar: m-marketing, m-commerce e m-operation;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- O tal foco no consumidor (consumer centric) tem sido foco na loja e na marca (store and brand centric). Não dá para ser focado no consumidor com ações que nascem dos escritórios centrais. Esta estratégia precisa ser gerida em cada loja, os clusters devem ceder lugar ao olhar local. Está na hora do gerenciamento de categoria tornar-se gerenciamento do consumidor;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Transparência é a palavra que falta na atitude das marcas, o que o consumidor está de joelhos implorando;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Crie memórias com seus movimentos de marca;<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: ">- Sustentabilidade: “Algumas poucas pessoas, em alguns poucos lugares, fazendo algumas poucas coisas, podem mudar o mundo".<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"><span new="" style="font-family: "> Resumo da ópera por Alcir Gomes Leite da DM9DDB: entregue o que prometeu. E você terá um consumidor pra chamar de seu.<o:p></o:p></span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt"> </p>


Publicidade