Notícias Corporativas

Investimento global em Marketing Digital deve crescer 14,7% em 2022

De acordo com estudo, aposta em IA e plataformas digitais seguirá em alta neste ano; especialista pontua importância do uso de ferramentas da Web 3.0 no setor

Categoria: Tecnologia

Autor: DINO

Data de Publicação: 23/02/2022
DINO

A cada ano que passa, novas tendências se descortinam para o setor do marketing digital, com o surgimento de inovações tecnológicas se apresentando como soluções para novas “dores” trazidas por empresas. Isso faz com que os investimentos na área sigam em crescimento exponencial, temporada após temporada: de acordo com projeções do The CMO Survey, haverá um crescimento médio de 14,7% nos aportes financeiros em marketing digital neste ano de 2021 em âmbito global, ante apenas 5% no marketing “offline”. 

Segundo o mesmo estudo, para aplicação dessa verba, as empresas tendem a focar em quatro recursos principais: otimização do site (77,4%), mídia paga e SEO (69%), data analytics e IA (65,7%), plataformas digitais e outras tecnologias (61,6%). Este panorama é indicativo de que a chamada Web 3.0 (ou Web3) tende a ganhar cada vez mais força neste segmento. 

De acordo com especialistas, a Web 3.0 aos poucos tem suplantado a segunda geração da internet - iniciada no início do milênio e caracterizada pelo uso das redes sociais -, oferecendo aos usuários maior controle sobre os dados que são gerados na rede, descartando o uso de sistemas operacionais complexos e armazenando informações em nuvens descentralizadas. O novo sistema tem como um de seus pilares o uso da tecnologia blockchain, que funciona como pedaços de códigos gerados de forma on-line que carregam informações conectadas e permitem o rastreamento do envio e recebimento de alguns tipos de informações pela internet.

Uma ferramenta da Web 3.0 que, aos poucos, vai se estabelecendo no mercado digital é o metaverso, que, segundo uma estimativa recente realizada pelo grupo financeiro Goldman Sachs, já pode movimentar cerca de US$ 8 trilhões (cerca de R$ 40 trilhões) por ano - as previsões mais otimistas dão conta de um valor potencial de até US$ 12 trilhões (algo em torno de 60 trilhões).

Para o analista da empresa Eric Sheridan, “[A economia digital] deve continuar a crescer e, além disso, vemos uma economia (o metaverso) que crescerá dentro e com essa economia digital". A declaração foi feita em comentário às previsões do banco sobre o metaverso em um estudo chamado “Entendendo o metaverso e a web 3.0”.

Novas ferramentas tendem a ganhar força

A exploração das ferramentas da Web 3.0 aos poucos, também, vai ganhando espaço dentro do marketing digital. Para Diego Ortiz, CEO da Verse, empresa que tem como foco o desenvolvimento de estratégias de marketing digital nesta seara, esta ligação é intrínseca e deverá predominar no mercado nos próximos anos. “Hoje em dia, o que presenciamos é uma transição quase imperceptível entre a Web 2.0 e a Web 3.0, onde já vemos mídias sociais e páginas web sendo utilizadas para criar ‘buzz’, engajamento e comunidades em torno de projetos e novidades no espaço digital”.

Para o executivo, o marketing digital, caracterizado pela “comunicação de propostas de valor para pessoas certas, na hora certa, com a mensagem certa e nos canais certos”, criando engajamento e conversões, tende a ganhar força com ferramentas da Web 3.0 como metaverso e jogos pay-to-earn.

“É possível, dentro desta nova perspectiva, criar landing pages para lançamento de novos projetos e captação de tráfego e informações, bem como desenvolver canais de mídia social como Discord e Twitter para criar e nutrir comunidades para projetos”, afirma Ortiz. As afirmações do executivo vão ao encontro de um estudo elaborado pela eMarketer, apontando que, em 2022, 83% dos CEOs pretendem aumentar investimentos no digital.

De acordo com o CEO da Verse, o metaverso, neste sentido, pode se configurar como uma das mais promissoras ferramentas a serem utilizadas no âmbito da Web 3.0. “O desenvolvimento de estratégias de lançamento de um produto ou de uma marca e a interação em comunidades estabelecidas nesta plataforma são possibilidades que ainda não podemos sequer mensurar o impacto de suas utilizações”, pontua. “É tudo uma questão de consistência e interatividade”, conclui.

Para saber mais, basta acessar: https://verse.ag/



Website: https://verse.ag/
Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.