Notícias Corporativas

Investimento imobiliário nos Estados Unidos: dicas para quem quer começar 2021 com dolarização do patrimônio

Orlando é o principal destino dos investidores brasileiros, com boa rentabilização e rendimentos anuais de até 9%

São Paulo

Categoria: Imóveis

Autor: DINO

Data de Publicação: 17/02/2021

Mesmo com a crise causada pela pandemia, para quem é investidor essa pode ser uma oportunidade de negócios. Com a alta da moeda americana, dolarizar o patrimônio se tornou uma opção procurada pelos brasileiros, o principal foco? As casas férias (Vacation Homes) em Orlando, uma das principais regiões turísticas dos Estados Unidos.

Apesar de fazer parte da cultura americana, no Brasil ainda existem muitas dúvidas sobre como fazer esse investimento e dolarizar o patrimônio. Por isso, Alexandre Fraga, da Fraga Company, especialista no mercado de imóveis em Orlando, explica por que investir em imóveis neste momento é uma excelente opção para ampliar o patrimônio ganhando em dólar e esclarece e as principais dúvidas durante o processo.

Qual primeiro passo até a compra efetuada?
"Uma boa estratégia é contratar uma empresa especializada neste tipo de negócio, e que poderá auxiliar em todos os processos e compra, financiamento e gestão do imóvel. A consultoria especializada está por dentro do mercado, tem experiência em todo o processo, entende as peculiaridades do investidor brasileiro e indica as melhores formas de transformar o imóvel em renda, justamente porque oferecem todo o suporte em um só lugar: da compra a rentabilização", explica Fraga.

Qual é o valor de entrada para se fazer o investimento?
"Para brasileiros, o sinal de entrada varia de 25% a 40%, dependendo das condições dos bancos e também do crédito do cliente. Por isso, é importante estar amparado por uma consultoria que possua profissionais em todas as áreas do investimento - desde a procura do imóvel, o crédito, documentações e até decoração do espaço", conta o especialista.

Quais os documentos necessários?
"Os documentos iniciais são os passaportes, carta do contador, uma carta do banco e o imposto de renda dele, além de responder um formulário com algumas perguntas mais pessoais, sinalizando se o comprador já tem algum imóvel ou investimento nos Estados Unidos, por exemplo", explica.

O financiamento é até 30 anos, mas a casa se paga em quanto tempo?
"Tudo depende do valor do imóvel e da taxa de juros que ele consegue por ano. Na maioria dos casos, o comprador já consegue pagar o investimento realizado com a receita gerada ao longo do ano. Mas essa é uma conta que é necessária ser feita caso a caso", explica Fraga.

E como a casa se paga e o investidor tem o retorno financeiro?
"As vacation homes, as famosas casas de férias, são a fonte de retorno financeiro. Orlando recebe em média 80 milhões de visitantes por ano, que alugam casas durante todo o ano. Na Fraga Company, nós auxiliamos o investidor nos processos de compra e decoração, aluguel e administração das casas. Somente na pandemia em que vivemos, tivemos um crescimento de 30% na procura por aluguéis de casas, mesmo nos momentos em que os parques da Disney ficaram fechados temporariamente", esclarece.
É preciso ter visto especial para investor

"É necessário ter algum tipo de visto validado, como o de turista. Por isso, contratar uma empresa especializada e referência é importante. Aqui na Fraga Company, por exemplo, já realizamos negócios com brasileiros que não visitaram o imóvel antes da compra e estão plenamente satisfeitos", explica.

A compra é realizada em quanto tempo?
"Se o cliente realmente está disposto a fazer o investimento e cumprir com todas as burocracias que são impostas no processo, é possível fechar em apenas 20 dias. Em alguns casos em que as etapas demoram mais, esse processo se prolonga em até 45 dias", explica o especialista.

Quais os perigos de realizar uma compra sem apoio especializado?
"Basicamente, se você não tem um profissional que te assessore em todas essas etapas, o investidor terá que fazer tudo sozinho, os próprios bancos não oferecem nenhum tipo de auxílio durante esse processo, que é bem diferente do Brasil. Além disso, com os entraves que podem ser causados, ela pode perder o investimento de 30 a 40% realizado no início do processo e todo o dinheiro investido na documentação e seguro", finaliza Fraga.



Website: http://fragacompany.com/
Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.