Notícias Corporativas

Especialista destaca aumento do número de vagas de emprego durante a pandemia

Claudio Riccioppo Gerente de Carreiras da Employability (eleita a empresa com o maior número de recolocações gerenciais do eixo Rio-São Paulo em 2019) apresenta dados positivos sobre a geração de emprego em alguns setores e acredita em um segundo semestre mais positivo para 2020

Rio de Janeiro

Categoria: Educação

Autor: DINO

Data de Publicação: 04/09/2020
DINO

Com as medidas de isolamento social, alguns setores da economia tiveram que parar de funcionar e zeraram suas contratações, além disso, quase 38% da força de trabalho no planeta, o equivalente a 1,25 bilhão de pessoas, está empregada em setores duramente afetados pela paralisação das atividades, segundo a estimativa mais recente da Organização Internacional do Trabalho (OIT), e correm o risco de ficar sem trabalho nos próximos meses, áreas como o Turismo e a Hotelaria sofrem um enorme impacto e já colhem as duras consequências da pandemia mundial, já outras áreas, consideradas essenciais, vieram na contramão da crise e estão contratando em um ritmo inesperado.

As novas estratégias de negócios ligadas as demandas a partir do surgimento do Coronavírus  estão aumentando o número de contratações em alguns setores específicos do mercado, enquanto os números gerais do desemprego assustam e sobem a cada mês, algumas atividades surfam uma onda de contratações que jamais existiu.

Segundo o especialista em recolocação profissional Claudio Riccioppo, o número de vagas temporárias em 2020 cresceu mais que 50% em relação ao ano anterior, além disso, as áreas de Tecnologia da Informação (TI), Saúde em geral e Marketing Digital  estão no topo do ranking de contratações do momento. “Quando toda essa história de covid-19 iniciou a impactar o mercado nacional eu me preparei para o pior, fiquei muito preocupado, pois os profissionais que eu assessoro possuem um nível intelectual acima da média e com isso expectativas de ganhos maiores, mas me surpreendi muito com o que encontrei, planejei ações e direcionei esforços para as áreas e empresas que ascenderam com a crise, com isso surpreendentemente multipliquei resultados, percebi que um grupo de empresas como Amazon, Itaú, Mercado Livre, Rede D’or São Luiz e algumas outras estavam contratando na contramão dos números, logo, em um primeiro momento foquei minhas energias nas vagas de emprego destas”.

O Ministério da Saúde e a rede privada também iniciaram ações para tentar reforçar suas equipes. Entre as estratégias estão, além de contratações extras a renovação de contratos do Mais Médicos e até convocação de voluntários. O governo federal já havia anunciado no início de maio a abertura de edital extra do Mais Médicos para a contratação de 5,8 mil profissionais. Na última semana, decidiu ainda renovar o contrato de médicos formados no exterior que seriam desligados do programa em abril e divulgou edital para a contratação de cubanos.

Na rede privada, vários hospitais abriram processos seletivos ao mesmo tempo, o Albert Einstein por exemplo, abriu 1200 vagas temporárias por causa do surto, para atender sua demanda interna e também o hospital de campanha montado pela prefeitura no Pacaembu, mais um exemplo de muitas contratações é a Prevent Senior, a operadora contratou 400 profissionais extras por causa da epidemia e abrirá mil novas vagas. “Eu tenho que assumir que nunca recebi tantas vagas de emprego e consegui tantas recolocações para os meus clientes na área da saúde, desde que iniciei com recolocações na Employability, estamos mantendo os  resultados muito acima do esperado para o momento mesmo com tudo que está acontecendo, é surpreendente” afirma Claudio.  



Website: http://www.employability.com.br
Apresentao da empresa
Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.