Notícias Corporativas

Renda extra: é possível investir pouco e ter um rápido e seguro retorno?

O ano de 2020 começou cheio de expectativa, porém, o mundo foi atingido por uma pandemia mundial, o que pegou todos de surpresa, inclusive o bolso. A necessidade de negócios de baixo investimento e rápida lucratividade nunca foram tão importantes, afinal, eles são favoráveis por inúmeros fatores: começam como uma renda extra, têm potencial para se tornar a sua única fonte de renda e são uma alternativa para quem precisa.

Ribeirão Preto - SP

Categoria: Negócio

Autor: DINO

Data de Publicação: 03/09/2020
Freepick

O ano de 2020 começou cheio de expectativa, porém, no meio do caminho o mundo foi atingido por uma pandemia mundial, o que pegou todos de surpresa, inclusive o bolso. Em meio a uma mudança comportamental, em que marcas, empresas e pessoas tiveram que se reinventar, a necessidade de se ter uma renda extra atingiu a maior parte da população, que hoje busca alternativas para desafogar o orçamento doméstico.

Porém, a necessidade de negócios de baixo investimento e rápida lucratividade nunca foram tão importantes, afinal, eles são favoráveis por três principais fatores: começam como uma renda extra, têm potencial para se tornar a sua única fonte de renda e são uma alternativa para quem está passando por um momento financeiramente difícil.

As opções de venda se restringiram devido ao distanciamento social, porém, hoje existe uma grande aliada: a internet. Com ela, é possível captar os melhores fornecedores, usufruir de materiais didáticos sobre o mercado que quer entrar e estabelecer um elo importante com os clientes, afinal, só em julho/2020 mais de 41 milhões de pessoas compraram online no país.

Segundo pesquisas realizadas recentemente pelo MCC-ENET - Comitê de Métricas da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (camara-e.net), em parceria com o Movimento Compre & Confie - as vendas online aumentaram 110, 52% em comparação a junho de 2019. Além disso, 18,2% dos consumidores realizaram pelo menos uma compra online entre abril e junho, um número 5,9% maior que em relação à 2019. Ou seja, a internet se tornou uma ótima aliada para quem quer comprar e vender de forma rápida, menos onerosa e barata.

Uma das empresas que vem sendo referência em transformação de vida através de uma renda extra é o Site do Atacado, um e-commerce de calçados que vem ajudando pessoas a terem sucesso nessa busca de auxílio no rendimento mensal da família.

O diretor de marketing do Site do Atacado, Daniel Gonçalves, explica o diferencial para que o negócio tenha ganhado tanta visibilidade. “O primeiro ponto é que as pessoas, apesar de estarem em casa, consomem calçados, principalmente que unem conforto e beleza, como chinelos, sapatos para as crianças, sapatilhas.”, começa ele.

“O segundo ponto, é que é possível fazer um baixo investimento, ou seja, o revendedor, a partir de R$ 200, consegue comprar no nosso site até 20 produtos diferentes, pois trabalhamos com peças a partir de R$ 9,60. Além disso, que por ser tudo através da nossa plataforma online, ele consegue salvar as fotos e enviar para os clientes, pelas redes sociais e pelo WhatsApp, vendendo o produto antes de pedir”, fala Gonçalves.

Outro ponto que o diretor destaca é que as pessoas procuram negócios com ausência de burocracia, afinal, nesse tipo de negócio, você precisa apenas salvar as fotos, enviar e fazer o pedido pelo site. “Nosso cliente não gasta com loja ou funcionário...é claro que inicialmente. Afinal, o que mais queremos, é que todos eles cresçam e criem seus negócios. Mas a facilidade do começo é nosso grande diferencial”, explica.

A microempresária Fernanda Lorenzi viu suas vendas caírem com a pandemia e decidiu se reinventar. “Precisava procurar outros produtos para aumentar o faturamento, porém, tinha que ser de baixo investimento e que girasse meu caixa, foi quando conheci o Site do Atacado: salvei as fotos, coloquei um percentual em cima de cada produto e enviei nos grupos de clientes e amigas, pronto! O negócio estava feito.”, conta Fernanda.

Ela ainda completa que o grande diferencial foi não ter a necessidade de se comprar por grade. “Quando pesquisei e vi, fiquei com medo, mas percebi que poderia vender um produto de cada numeração, que estava tudo certo. Além disso, os produtos chegaram rápido, superbem embalados e as clientes adoram a qualidade”, explica ela.

Para se ter uma renda extra é necessário também ser criativo! As crises podem ser as maiores oportunidades para se construir algo de forma rápida e íntegra. Caprichar na apresentação, conversar com amigos e clientes é o primeiro passo para o negócio próprio. 

Sobre o Site do Atacado

 

O Site do Atacado é uma empresa pertencente ao Grupo Segura que há mais de 40 anos atua no mercado calçadista brasileiro.

O e-commerce surgiu como uma fuga a tradicional forma de se vender no atacado, trazendo vantagens que não se encontram comprando direto das fábricas. Entre elas: não precisa ter CNPJ, entrega em todo o território brasileiro, numerações do 17 ao 44 e a compra não é por grade, o cliente escolhe o produto na numeração e cor que quer, acontecendo uma personalização da venda. 



Website: http://www.sitedoatacado.com.br
Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.