Notícias Corporativas

Logística em época da COVID -19 e o estado de calamidade

O setor de logística e e-commerce foram destaque nesse momento de pandemia.

São Paulo - SP

Categoria: Ciência & Saúde

Autor: DINO

Data de Publicação: 05/06/2020
DINO

A Pandemia Mundial inesperadamente mudou de forma drástica o comportamento de diversos setores econômicos, muitos tiveram que se adaptarem as novas formas de demanda e consumo. Esforços para minimizar e conter o impacto vem sendo adotados, empresas que antes faziam suas vendas pessoalmente e em lojas físicas se encontraram de portas fechadas aderindo às medidas dos Governos de quarentena e campanha de isolamento social.

Segundo a Publicitária – especialista em logística, Larissa Miyauti de Jesus – “Os investimentos em Marketing digital e ações do comércio em oferecer produtos em sites próprios ou em grandes plataformas de marketplace como Amazon, Mercado Livre, B2W e outros, contribuíram para que o setor de logística e e-commerce ampliasse seu crescimento nesses últimos meses de pandemia”.

Larissa, que tem  10 anos de experiência na área, explica que essa mudança de comportamento das pessoas que não se sentiam confortáveis ou dispostas em realizar compras virtuais, ou seja, que não compravam online, também foi sentida por grandes varejistas e transportadoras do comercio eletrônico. “A mudança de rotina estabelecida poderá ser definitiva e dificilmente totalmente revertida mesmo com a flexibilização da quarentena e pós-pandemia, quando o cliente encontra a facilidade de pesquisar preços, comprar online, receber em tempo hábil e em perfeitas condições seu produto, cria uma relação de confiança e praticidade”.  

“Mesmo não sendo em todos os setores, o serviço de logística e transporte está sendo extremamente necessário, não só para abastecimento pessoal, mas também nos suprimentos que são considerados produtos essenciais para o combate ao Covid-19”, relata a especialista.

Além disso, Jesus alerta que muitos que acabaram perdendo o emprego por conta da pandemia puderam encontrar uma nova oportunidade de recolocação no mercado de logística que teve um crescimento em todo o país. Segundo relatório divulgado pela Konduto cerca de seis setores tiveram aumento significativos: brinquedos, supermercado, artigos esportivos, farmácia, games online e claro entregas, que chegou a crescer 55,66%.  “Em algum um momento como esse é importante que as empresas atendam essa demanda de forma estratégica para não haver desabastecimento e manter as medidas orientadas por especialistas para conter a disseminação do vírus”, finaliza Larissa.



Website: http://www.dino.com.br
Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.