Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing - Dino

Notícias Corporativas

209861

Empresária vende anel de casamento para montar marca de moda que exalta a língua tupi-guarani

A empresária, que hoje acumula premiações no mercado, ganhava em torno de um salário mínimo

São Paulo

Categoria: Arte e Entretenimento

Autor: DINO

Data de Publicação: 12/06/2019
DINO

Empreender é o quarto maior desejo do brasileiro, ficando atrás apenas de viajar pelo Brasil, ter casa própria ou comprar um carro. A vontade de ter um negócio próprio supera a vontade de fazer uma viagem para o exterior, ter um diploma de ensino superior e trabalhar no setor privado. Os dados são da pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) de 2016 em parceria com o Sebrae (Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas).

São enormes os desafios de empreender, mas o principal deles é a falta de crédito para investir. Porém, isso não foi um empecilho para Lorena Marin Caruso. Cansada de ganhar um salário mínimo, não poupou o único bem que podia vender: a aliança de casamento. Com o valor conseguido na loja de penhores, criou a grife Tóry Moda, que traz dizeres em Tupi-Guarani, termo genérico para um grupo de línguas indígenas da América do Sul e uma das oficiais do Paraguai. 

"Um dia acordei pensando que queria ser empreendedora, pois não suportava as dificuldades para receber o meu salário mensal, que era o mínimo. Então, eu e o meu marido vendemos nossa aliança de ouro para colocarmos combustível no carro da minha mãe e fazermos nossas visitas de vendas. E conosco foi o nosso filho recém-nascido de seis meses", conta.

Desse modo, começou a aventura da paraguaia casada com um brasileiro, que é engenheira de formação e especializada em Moda e Marketing Estratégico. 

"A marca revolucionou não só a forma de entender a moda, mas também o interesse na língua materna que, entre os brasileiros, é o Guarani. A tendência no mundo fashion é expressar-se com uma mensagem importante", acredita a empresária. 

Lorena tem uma vida ligada ao empreendedorismo industrial da moda há 18 anos, fabricando polos e camisetas com o mais durável e suave algodão. Mas o gosto pela costura vem de berço. 

"Desde a infância eu me animava nos dias em que eu podia acompanhar a minha mãe em uma grande costura de uma indústria de prestígio, especializada em camisas de corte perfeito. Eu cresci entre essas máquinas de costura e rolos de tecido. Gostava de ver as pessoas com as roupas de cada nova coleção", relembra. 

PREMIAÇÕES PELA LUTA EM FAVOR DA CULTURA INDÍGENA

Hoje, Lorena acumula vários prêmios importantes, incluindo o mais recente: "2018 Business Excellence CONACYT". Isso, principalmente pelo seu comprometimento com o crescimento do setor da moda na América Latina. Seja por meio de contribuições constantes em seminários, workshops e exposições, ou pela sua história profissional.

Com foco em palavras doces e exóticas do Tupi-Guarani, a marca criou um conceito de boa qualidade em peças de vestuário, cativando a capital paulista. 

"Por outro lado, criatividade e tradição andam de mãos dadas em cada uma das camisas polos que vendemos com a nossa assinatura, a qual não devemos perder de vista", afirma Caruso, que se intitula empreendedora social.

"Nos últimos 10 anos nos fizeram líderes na Avaliação Mundial sobre Povos Indígenas e da língua Guarani. Temos camisas polos bordadas no peito, com palavras como 'paz' (Py'aguapy) e 'eu te amo' (Rohayhu), entre outras tradicionais". 

A empresária diz ainda que a ONU (Organização das Nações Unidas) proclamou 2019 como o Ano Internacional das Línguas Indígenas, com o objetivo de chamar a atenção para as graves perdas de línguas indígenas e a necessidade urgente de preservar, revitalizar e promovê-las. Com isso, a empresa ganha destaque com sua contribuição por essa causa. 

Entretanto, Lorena quer ir além e faz planos. 

"Hoje estamos em expansão da marca, buscando instalar uma loja temática para viver a experiência completa por meio da música, moda e cultura em geral dos povos Indígenas, aberta a alianças em todo o País".

Atualmente, as peças só podem ser adquiridas pelas redes sociais oficiais.



Website: https://www.instagram.com/tory.alegria



Publicado por:

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss