Notícias Corporativas

Dores musculares no inverno: as baixas temperaturas podem aumentar as dores lombares e nos músculos?

Especialista dá dicas para enfrentar os dias gelados sem dor nas costas ou ombros

Categoria: Ciência & Saúde

Autor: DINO

Data de Publicação: 08/06/2018
DINO

Você certamente já ouviu alguém reclamar que nos dias mais frios sente dor em alguma parte do corpo. Mas, isso de fato tem alguma explicação lógica e real? O ortopedista e traumatologista Rogério Vidal, especialista em coluna, afirma que sim.

"No inverno costumamos contrair mais nossos músculos. É um comportamento natural e um movimento, às vezes, involuntário que fazemos quando nos deparamos com temperaturas mais baixas. É aquela encolhidinha de ombros, por exemplo, quando saímos de um ambiente fechado e está muito frio", esclarece Vidal.

O especialista explica que assumimos uma postura de contração dos músculos, dos braços e aumentamos a curvatura fisiológica da coluna dorsal (corcunda), para mantermos o calor do corpo. "O frio provoca uma natural contração muscular, deixa músculos e articulações mais rígidas e isso facilita as inflamações dos nervos.  A circulação também diminui para que o organismo possa preservar a temperatura por volta de 36,5 graus e isso diminui a produção de líquido sinovial levando ao enrijecimento articular e a dor", afirma o ortopedista.

O problema é ainda pior quando os pacientes que têm um histórico de problemas ortopédicos crônicos. São comuns o agravamento de artrites, artroses, dores articulares e um aumento na frequência das lombalgias, dores na parte inferior das costas. "No caso da lombalgia, ela ocorre porque o frio provoca a contração muscular e possibilita a neurite que é a inflamação dos nervos", informa o doutor Rogério.

Dr. Rogério Vidal de Lima - www.rogeriovidal.com.br

Dr. Rogério Vidal de Lima especializou-se em Cirurgia da Coluna Vertebral, no Hospital das Clínicas de São Paulo e é membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, da Sociedade Brasileira de Coluna e da Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos. 
É um dos médicos precursores no país na utilização de sistemas de estabilização dinâmica da coluna e do método da cifoplastia no tratamento de fraturas da coluna causadas por osteoporose. É adepto das cirurgias minimamente invasivas para a coluna.

Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.