Notícias Corporativas

Exposição 20 fotógrafos interpretam o Homem Brasileiro abre evento que procura entender as masculinidades diante dos novos desafios da sociedade

Exposição reúne obras inéditas de grandes nomes da fotografia brasileira como parte da programação do evento gratuito que acontece de 28 de agosto a 2 de setembro na UNIBES CULTURAL

São Paulo

Categoria: Arte e Entretenimento

Autor: DINO

Data de Publicação: 28/08/2017
DINO

Criado e dirigido por Mário Queiroz, o evento Homem Brasileiro chega a sua terceira edição, reunindo pesquisadores e profissionais de diversas áreas interessados em entender as masculinidades diante dos novos desafios da sociedade. São apresentações, experimentações e exposições, abertas aos público e acontece de 28 de agosto a 2 de setembro, na Unibes Cultural, em São Paulo.

A exposição 20 fotógrafos interpretam o Homem Brasileiro abre o evento em 28 de agosto e fica em cartaz até 30 de setembro, apresentando obras inéditas de grandes nomes da fotografia brasileira contemporânea, ligados à moda e ao universo masculino, convidados a criar livremente a partir dos temas: Origem, Sexo, Imagem.

São fotógrafos com diferentes trajetórias e origens, mas de alguma maneira ligados ao masculino. Alex Batista trouxe para suas imagens o olhar que desenvolveu quando trabalhava como office-boy nas ruas de São Paulo e, além da fotografia, é um disputado diretor de videoclipes. Carioca que escolheu SP para viver e trabalhar, após um período na Europa, Bruno Cals traduz em suas fotos sua trajetória pelos tatames, passarelas e estúdios. O mineiro Fred Othero, que escolheu São Paulo como residência, é especializado em moda, lifestyle e publicidade masculina, além de desenvolver um trabalho autoral..

A exposição traz também ex-modelos e agentes, que mudaram de profissão dentro do mesmo ambiente, como Bruno Soares, que trouxe sua experiência como agente de modelos e artistas e dos dez anos em que morou em NY, onde cursou fotografia na School of Visual Arts, e Franco Amendola, que além de seu trabalho em moda e publicidade é um dos integrantes do Coletivo Rolê, que explora e registra detalhes da cidade de São Paulo pelas madrugadas, com diferentes olhares e câmeras, redescobrindo a beleza de lugares inexplorados da cidade.

O fotógrafo paulista Cristiano Madureira trabalha há 20 anos no mercado editorial e também desenvolve um trabalho autoral, como o ensaio realizado para a revista Glamour no qual artistas aparecem totalmente sem maquiagem. Já o peruano Gianfranco Briceño, radicado no Brasil há 13 anos, define seu trabalho como “frações de sentimentos alterados entre alegria e tristeza, amor e o ódio, o entusiasmo e a retração, não são nem uma coisa nem outra, mas tudo ao mesmo tempo”. As fotos de Rodrigo Marconatto trazem muito preto e branco, linhas apolíneas, que valorizam os corpos dos seus modelos, especialmente masculinos, e Hugo Toni veio de Ribeirão Preto para São Paulo e foca suas lentes em editoriais de moda. Rodolfo Ruben se define como Multitasking Visual Artist. Sua grande habilidade para a criação de imagens baseado na experiência e bagagem que adquiriu ao longo dos anos lhe oferece segurança para atuar em diversas áreas: direção criativa e de arte, editoração, fotografia, ensaios de moda, publicidade, identidade visual, branding, mídia impressa e digital, design, audiovisual, projetos autorais e independentes.

Hoje morando em São Paulo, Gleeson Paulino foi criado em Campo Grande, aos 17 anos partiu para Viena e, logo depois, para a Inglaterra, onde viveu por sete anos e começou, como amador, a se dedicar à fotografia, registrando tudo ao seu redor. Foi em 2009, em uma exposição no Favela Chic de Shoreditch, que percebeu que poderia levar a fotografia mais a sério. O brasiliense João P. Teles, fotógrafo de moda conhecido pela irreverência e ousadia de seu trabalho, elegeu o calendário como seu veículo de expressão, com fotos de modelos e que retratam a estética masculina tendo paisagens por vezes desconhecidas do cerrado como pano de fundo.

Do nordeste vêm os fotógrafos Jonathan Wolpert, recifense Jonathan Wolpert, Nicolas Gondim e Sergio Caddahque. Jonathan, dono de um currículo respeitado, lançou o projeto online “The New Girls” com a participação de drag queens da capital pernambucana, com a intenção de fundir a moda com a arte do transformismo visual. O cearense Gondim, um apaixonado por moda e comportamento e pelo modo com que as pessoas se expressam através da forma de vestir, tornou-se fotógrafo de moda e hoje reside em São Paulo. Sergio Caddah veio do Piauí para o Rio de Janeiro em 1998, e trouxe sua essência nordestina, agora mais cosmopolita, sem perder o contato com suas raízes. Caddah trabalha com fotografia de moda, publicidade, arte, retratos e editoriais, contribuindo para revistas e editoras renomadas, tanto no Brasil como no exterior, misturando fotografias comerciais com linguagens poéticas e sociais. Desde 2001, como voluntário na Casa de Apoio a Criança com Câncer Santa Teresa (CACCST), desenvolveu projetos fotográficos e atividades recreativas. O trabalho de Caddah foi reconhecido globalmente pelos prêmios concedidos pelo Nikon Photo Contest International (NPCI 2002/2003) e pela Unesco,

Do sul vieram dois talentos. Formado em design gráfico na Universidade Federal de Santa Maria, Marcio Simnch mudou para São Paulo em 1998, para trabalhar como fotógrafo da revista Trip e logo passou a desenvolver seu trabalho em moda, colaborando com diferentes publicações especializadas. Nascido em Florianópolis e morador de São Paulo, Tavinho Costa foi designer gráfico e diretor de arte. Seu primeiro contato com a moda foi com o designer brasileiro Jum Nakao, com quem trabalhou. Logo virou a mesa e passou a atuar com fotografia de moda.

Completando o grande elenco, Rogério Alonso e Rogério Cavalcanti. Após alguns anos trabalhando como assistente de renomados fotógrafos, como JR. Duran no Brasil e Craig McDean em Nova York, Alonso se lançou no mercado como fotógrafo de retratos e still colaborando para diversas revistas, além de realizar campanhas publicitárias e catálogos de moda. Formado em arquitetura, Cavalcanti fotografa moda há 12 anos para diversas publicações, fez várias exposições e a apresentação de um projeto pessoal realizado em película exposto na 10ª edição da SPFW.

O evento Homem Brasileiro 2017 recebe ainda o Pechakucha Night SP – nova plataforma mundial de transmissão de conhecimento –, o encontro Masculinidades / Revista Serafina, o programa de entrevistas Vozes com Asas e o Camarim do Homem”, espaço criado para experimentações de produtos. Todos os eventos têm entrada gratuita e os detalhes podem ser encontrados no site oficial do evento.



Website: http://homembrasileiro.com.br/
Publicado por: dino

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.