Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing - Dino

Notícias Corporativas

GOL apresenta novas condições para usuários com bagagem despachada e preços sofrem alterações

Conhece as novas condições GOL? As novas medidas deverão valer a partir de março de 2017

Categoria: Negócio

Autor: DINO

Data de Publicação: 03/03/2017

Em dezembro de 2016 a ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil anunciou novas normas a serem seguidas, tanto pelas empresas aéreas quanto pelos passageiros. As novas medidas deverão valer a partir de março de 2017 e incluem a extinção da franquia de bagagem. Isso significa que a cota gratuita que os passageiros tinham - e que variava por peso, de acordo com o regulamento de cada empresa - agora deverá ser paga. Apesar da indignação de muitos passageiros que serão taxados por um serviço que antes era gratuito, a ANAC afirma que a medida servirá para aumentar a competitividade entre as empresas aéreas, baixar os preços dos bilhetes e se adequar à forma como as companhias do resto do mundo trabalham, já que apenas Brasil e Venezuela ainda adotam a franquia de bagagem até o momento.

Apesar de insatisfeito com a medida, o consumidor não pode parar de viajar e o seu próximo passo certamente será saber quanto deverá pagar por levar consigo os seus pertences, além da bagagem de mão (que ainda será gratuita). A ANAC determinou que cada companhia poderá preparar uma tarifa própria com preços e condições justas para seus clientes, já que valores abusivos poderão perdê-los para a concorrência rapidamente. Assim, a GOL anunciou em 17 de fevereiro quais as medidas que adotará em seu novo regulamento. Uma das mais notáveis é que o bilhete do passageiro que tem bagagem a despachar será mais caro do que o daquele que viaja apenas com bagagem de mão.

De acordo com o G1 a Gol é a primeira empresa a cobrar pelo despacho da bagagem e os valores propriamente ditos só poderão ser divulgados com certeza a partir de março, quando as passagens tarifadas já estiverem disponíveis. Se a empresa agir conforme o objetivo da ANAC, haverá uma redução no valor da passagem para os passageiros que levarem consigo apenas a bagagem de mão. Caso contrário, o valor da passagem para passageiros apenas com bagagem de mão permanecerá o mesmo e os passageiros com bagagem despachada deverão pagar tarifa extra, gastando muito mais do que eram acostumados para voar. No segundo caso, a consequência dessa medida será bastante negativa para os passageiros com bagagem despachada e neutra para aqueles que têm o costume de viajar com bagagem de mão. Essas e outras informações você pode acessar diretamente do Blog da Central Milhas

Resultados da extinção de franquia de bagagem só poderão ser avaliados a partir de março

A GOL adiantou a informação de que as bagagens serão taxadas por unidade, peso e dimensões. A companhia afirmou ainda que o passageiro que tiver várias bagagens a despachar pagará por elas um valor decrescente. A primeira sendo a mais cara; a segunda, mais barata e assim por diante. A empresa ainda sugere que pessoas viajando sem bagagem a ser despachada terão um desconto no bilhete, que a tarifa funcionará como uma opção para os usuários que optarem por utilizá-la e que o seu programa de milhas, o Smiles, passará a conter cláusulas que beneficiam com descontos aqueles usuários com bagagem despachada.
Auto: Central Milhas



Website: https://www.centralmilhas.com.br/

Publicado por:

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2017. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss