Nem todo merchan é ruim 19 de abril de 2010

Nem todo merchan é ruim

Publicidade

<p>Todo mundo sabe da dificuldade de fazer o tal do “merchan” na TV. Na maioria das vezes, as ações parecem forçadas e que caíram de paraquedas na trama da novela ou do programa de televisão só para tentar vender determinado produto. Pois então trago um exemplo de uma iniciativa recente que parece ter gerado um resultado positivo. <br /> <br /> No capítulo da novela Viver a Vida da última terça-feira, dia 13, a personagem Luciana ganhou uma handbike (bicicleta adaptada para cadeirantes e acionada pelas mãos). Depois do capítulo, <a href="http://redeglobo.globo.com/novidades/noticia/2010/04/rolou-no-cat-onde-encontrar-handbike-de-luciana-alinne-moraes.html" target="_blank">o produto se tornou um dos assuntos mais procurados na Central de Atendimento do Telespectador, o Cat, da Globo</a>. Todo mundo queria saber onde encontrar a handbike, da empresa <a href="http://www.mobilitybrasil.com.br" target="_blank">Mobility Brasil</a>.</p> <p style="text-align: center;"><img height="297" width="400" src="/images/materias/viver-a-vida_redacao.jpg" alt="Nem todo merchan é ruim" /><br />  </p>


Publicidade