Multinacionais não entrarão em pesquisa política 23 de março de 2010

Multinacionais não entrarão em pesquisa política

         

Ibope diz querer concorrência enquanto investe em outros modelos

Publicidade

<p>As multinacionais de pesquisa, representadas pela TNS, GFK e Ipsos, não investirão em pesquisas de opinião política no Brasil. Assim como o Ibope investe em outros segmentos e sua receita com estes estudos representa apenas 5% do faturamento, as concorrentes preferem focam em segmentos que tragam maior rentabilidade e menos dor de cabeça. “Acertamos mais de mil pesquisas eleitorais, mas se erramos cinco, todo mundo cai em cima”, afirma Augusto Montenegro, Presidente do Ibope.</p> <p style="text-align: center;"><img height="358" width="500" src="/images/materias/multinacionais-pesquisa-politica.jpg" alt="Multinacionais não entrarão em pesquisa política" /><strong><br /> </strong></p> <p style="text-align: center;"><strong>Augusto Montenegro, do Ibope</strong></p>


Publicidade
Amazon Prime Day