McDonald’s registra marcas para entrar no Metaverso Bruno Mello 10 de fevereiro de 2022

McDonald’s registra marcas para entrar no Metaverso

         

Expectativa é de que a rede opere um restaurante virtual com entrega em domicílio e ofereça toda a experiência de marca do mundo real

McDonald's registra marcas para entrar no Metaverso
Publicidade

Investir em bens digitais é a nova aposta do mercado frente a tendência do metaverso. A mais nova empresa a investir nessa categoria é o McDonald’s, que pediu o registro de uma série de marcas para um restaurante no ambientvirtual. Foram apresentados 10 pedidos de marcas registradas no Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos EUA abrangendo McDonald’s e McCafe.

Uma das marcas registradas era para “produtos virtuais de alimentos e bebidas”, incluindo NFTs, enquanto a outra incluía “operar um restaurante virtual online com entrega em domicílio”. Também foram registrados serviços e eventos de entretenimento, incluindo “concertos online reais e virtuais”.

Josh Gerben, advogado de marcas registradas e fundador da Gerben Intellectual Property, publicou em sua página no Twitter que a rede de restaurantes apresentou um pedido de marca registrada na sexta-feira, dia 4, incluindo planos para “um restaurante virtual com produtos reais e virtuais” e “operar um restaurante virtual com entrega em domicílio”.

“Você está no metaverso e fica com fome. Você não precisa largar o fone de ouvido. Você entra em um McDonald’s e faz um pedido. Ele chega à sua porta um pouco mais tarde”, ele twittou. Segundo Gerben afirmou à Forbes, o processo de revisão nos EUA geralmente leve de oito a nove meses, mas pode ser encurtado.

Continue lendo: Gucci, Balenciaga, Hyundai e Nike são alguns nomes que já apostam na criação de linhas exclusivas para serem utilizadas no mundo virtual

Publicidade

Publicidade