Marcas em expansão 31 de maio de 2010

Marcas em expansão

         

Estratégia

Publicidade
Oferta Antecipada Prime Day

<p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"><b style="mso-bidi-font-weight: normal"><span style="font-family: "><o:p></o:p></span></b><span style="font-family: "><img alt="" align="right" width="280" height="280" src="/images/materias/Blog%20Beth/distribui%C3%A7%C3%A3o.jpg" />Em função das dimensões continentais brasileiras, até a algum tempo as marcas cresciam de dentro para fora. Ou seja, a ampliação da distribuição era norteada pela proximidade de sua sede ou operação original em um primeiro momento e de outras operações pré-existentes em um segundo momento. </span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"> </p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"><span style="font-family: ">Considerando uma marca distribuída em São Paulo capital, a regra era ocupar as localizações e distribuidores com melhor potencial a partir da operação original,<span style="mso-spacerun: yes">  </span>posteriormente bairros próximos, em seguida a cidade e municípios no entorno até cobrir o estado e partir para outros estados e municípios com maior potencial nas proximidades de operações existentes. </span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"> </p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"><span style="font-family: ">Esta orientação considerava aspectos logísticos para mais aproveitamento de cargas, fretes, centros de distribuição e a cobertura de antenas de emissoras para rentabilizar investimentos em Marketing. E não se falava em expansão internacional antes de cobrir o melhor potencial do território nacional. </span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"> </p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"><span style="font-family: ">Hoje vemos exemplos de marcas brasileiras que são lançadas no exterior e posteriormente no Brasil como é o caso da marca de calçados premium de Alexandre Birmann. Ou de projetos simultâneos de expansão nacional e internacional como da marca da estilista Cris Barros. O conceito multicanal, a internet e o comércio eletrônico contribuíram para esta mudança ao viabilizar a compra de um produto que não tenha distribuição local. </span></p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"> </p> <p class="MsoNormal" style="text-align: justify; line-height: normal; margin: 0cm 0cm 0pt; mso-layout-grid-align: none"><span style="font-family: ">Este novo modelo ainda está distante de alguns setores como é o caso de materiais de construção que possui distribuição predominantemente regionalizada em função de baixas margens e custos altos de frete. Porém para algumas categorias a nova era já começou e inspira o repensar de formatos, conceitos, estratégias e táticas de expansão. Este tipo de mudança nos ensina que de tempos em tempos temos que desaprender o que sabemos e não resistir às práticas que antes considerávamos equivocadas. Pode ser que equivocados estejamos nós.<o:p></o:p></span></p>


Publicidade