Marcas conhecidas não são prioridade para paulistanos 12 de janeiro de 2010

Marcas conhecidas não são prioridade para paulistanos

         

Estudo da ACSP mostra diferenças de escolha entre classes sociais

Publicidade

<p>Os consumidores de São Paulo não estão preocupados em comprar produtos de marcas conhecidas. É o que aponta o estudo da ACSP (Associação Comercial de São Paulo) que ouviu 800 pessoas e registrou que 50,2% delas não buscam somente os rótulos mais populares.</p> <p>Os consumidores de classe A e B, porém, são os mais preocupados em consumir marcas conhecidas, com 40%. O mesmo não acontece nas classes D e E, já que somente 21% deles buscam produtos de marcas conhecidas. O ponto em comum é o fato de que 82,8% dos entrevistados acreditam que marcas com melhor qualidade são as mais caras.</p>


Publicidade
Amazon Prime Day