Mais da metade dos brasileiros esperam de marcas atitudes que protejam o meio ambiente Bruno Mello 7 de março de 2022

Mais da metade dos brasileiros esperam de marcas atitudes que protejam o meio ambiente

         

Para a maioria das pessoas, Estado não faz o suficiente para apoiar as causas ambientais, segundo estudo da Toluna

Mais da metade dos brasileiros esperam de marcas atitudes que protejam o meio ambiente
Publicidade

O Brasil passa por uma grave crise energética. As causas dessa crise estão atreladas aos fatores políticos, econômicos e ambientais que permeiam a sociedade brasileira. Atenta a essas questões, a Toluna realizou o 18º Barômetro do Consumidor, pesquisa periódica realizada pela Toluna, empresa multinacional especialista em pesquisa de mercado e insights do consumidor. Foram analisadas as causas ambientais no Brasil e em outros dois países, México e Estados Unidos.

Em comparação com os dois outros países, o Brasil é o país mais afetado pela crise energética e o aumento do custo de energia: 76% dos brasileiros sofrem com isso, contra 54% de mexicanos e 48% de norte-americanos. A pesquisa da detectou que os brasileiros foram bastante impactados com a crise climática e o aumento nos custos de energia e 76% deles concordam que esta situação está afetando seus planos de gastos para o futuro.

Os brasileiros acreditam que as marcas e fabricantes também detém a responsabilidade de proteger o ambiente e atender a urgência da mudança climática (55%), mas também que há ainda muito trabalho a se fazer: 45% acreditam que as marcas não estão fazendo o suficiente e apenas 37% acreditam no cumprimento das metas propostas.

Para 80% dos brasileiros, o Governo, as autoridades locais e as agências públicas detém, disparado, a maior responsabilidade em fazer mudanças que protejam o meio ambiente. Mas para a maioria, o Estado não faz o suficiente para apoiar as causas ambientais.

Já 56% dos entrevistados creem que as pessoas/consumidores devem fazer algo a respeito do meio ambiente; 55% acreditam que quem tem de zelar por isso são as marcas ou fabricantes e 39% pensam que os bancos e outras instituições financeiras têm de cuidar dessas causas ambientais.

Publicidade

A maioria dos brasileiros também está descrente quanto ao cumprimento de metas ambientais por parte dessas entidades: 47% acreditam que o Governo não as cumpre, enquanto 34% creem que as marcas e fabricantes também não fazem muito pelo ambiente. Já 39% dos entrevistados não confiam que bancos e instituições financeiras correm atrás de soluções para o meio ambiente.

Leia também: Consumidor se identifica mais com marcas que defendem meio ambiente e questões sociais


Publicidade