Inteligência

Publicidade
Estudos

Os novos contornos da Black Friday no Brasil

Após o surto de Coronavírus, consumidores têm mudado seus gastos mensais gerais e este ano procuram marcas locais e de itens pessoais, além de benefícios como cashback e frete grátis

O ano de 2020 já mostrava ser um cenário desafiador, antes mesmo da pandemia ser anunciada. Com o isolamento social provocado pelo surto do COVID-19, as empresas precisaram agir rapidamente a fim de não perder vendas e ter o estoque do ano parado. Com isso, as ofertas surgiram com maior recorrência. Datas sazonais importantes como Dia das Mães, dos Namorados, dos Pais e do Consumidor tradicionalmente teriam destaque. O que se viu, no entanto, foram liquidações antes da época, saldões de quem estava prestes a fechar as portas e grandes descontos repentinamente. A Black Friday acabou, por sua vez, sendo pulverizada.

Isso não significa que ela terá índices baixos este ano. Pelo contrário, ela deverá...

Conteúdo de Acesso Premium

Para continuar tendo acesso a esse e outros conteúdos exclusivos, faça sua assinatura.

  • check Conheça diferentes perfis de consumo
  • check Desenvolva embasamentos para suas campanhas
  • check Otimize sua gestão de Marketing
  • check Projete cenários para o seu negócio
  • check Descubra potenciais de mercado
  • check Tome decisões mais assertivas
Seja Premium

Já é premium / cadastrado?

Faça o login para ver o conteúdo:

Download

Faça seu login ou Assine agora