Marketing Promocional. Figurante ou ator?

Edmundo de Almeida escreve que o setor não pode ser coadjuvante e subalterno

Redação | 11/08/2008

pauta@mundodomarketing.com.br


<p class="titulomateria">Marketing Promocional. Figurante ou ator?</p> <p>Por Edmundo de Almeida*</p> <p>Em pleno desenvolvimento global, convivendo com a comoditiza&ccedil;&atilde;o e a feroz concorr&ecirc;ncia mundial, chama-nos a aten&ccedil;&atilde;o a import&acirc;ncia cada vez maior dada ao empreendedorismo, por sua vez associado &agrave;s praticas da inova&ccedil;&atilde;o, fator essencial para o sucesso.</p> <p>Apesar das mudan&ccedil;as…

Para continuar lendo, realize o seu login.