Operadoras precisam ser protagonistas na venda de conteúdos e serviço

Mais do que uma fonte de entretenimento e informação aos usuários, o VAS (Value Added Services) costuma trazer uma representativa receita extra para as operadoras

Amarilis Pitty Sehbe | 06/05/2019

pauta@mundodomarketing.com.br


Em meados dos anos 2000, a popularização dos telefones celulares trouxe consigo também a tendência de se oferecer serviços e conteúdos agregados à conta do usuário de telefonia móvel. Identificador de chamadas, jogos, músicas, vídeos, notícias, antivírus e até cursos de idiomas são exemplos dos chamados VAS (value added services),…

Para continuar lendo, realize o seu login.