Quase metade dos itens estão indisponíveis no e-commerce

Índice no Brasil chega a 44% no primeiro trimestre do ano, segundo levantamento feito pela Sieve. Falta de estoque foi maior em sites com menor número de URLs

Priscilla Oliveira | 06/05/2015

priscilla@mundodomarketing.com.br


Entrar em um site e se deparar um com um produto sem estoque está se tornando cada vez mais recorrente nas lojas virtuais brasileiras.  A disponibilidade média dos produtos foi de 56% no primeiro trimestre de 2015, o que significa que 44% estiveram “temporariamente indisponíveis". Segundo levantamento feito pela…

Para continuar lendo, realize o seu login.