Banco do Brasil suspende patrocínio ao vôlei

Cautela se deve a suspeitas de irregularidades

Roberta Moraes | 12/12/2014

roberta.moraes@mundodomarketing.com.br


O Banco do Brasil suspendeu o patrocínio à Seleção Brasileira de Vôlei, após a divulgação do relatório da Controladoria Geral da União (CGU), que comprova má gestão do dinheiro público na Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Segundo o documento, a entidade teria usado R$ 30 milhões para pagar empresas…

Para continuar lendo, realize o seu login.