Zara pede desculpas por vender pijama que lembra o holocausto

Peça infantil inspirada no faroeste é semelhante ao uniforme dos presos judeus durante a Segunda Guerra Mundial. Roupa era vendida a 10,95 euros e fabricada na Turquia

Priscilla Oliveira | 27/08/2014

priscilla@mundodomarketing.com.br


A Zara lamentou publicamente a semelhança entre uma peça infantil vendida em suas lojas e o uniforme utilizado no holocausto. O pijama listrado azul e branco com uma estrela de seis pontas dourada no peito foi inspirado em xerifes do faroeste, segundo a empresa. Um estilo similar era utilizado…

Para continuar lendo, realize o seu login.