Moda íntima deve entregar experiência e fugir da comoditização

Mercado busca entender perfis de uso e desejos de homens e mulheres para gerar produtos inovadores. Ponto de venda também pode ser melhor trabalhado para estimular compra

Bruno Garcia | 19/02/2014

bruno.garcia@mundodomarketing.com.br


lycra,invista,cosabella,moda íntima,mercadoO consumo de moda íntima é muito baseado em praticidade e usabilidade, mas isso não significa que ele tenha que ser “comoditizado”. Para fugir deste efeito, o mercado busca entender os…

Para continuar lendo, realize o seu login.