Regras para entrada no campo. Há de fato regras?

Ao invés de ser básica, invisível ou neutra, sou natural e tenho experimentado o oposto

Hilaine Yaccoub | 13/08/2012

hilaine@gmail.com


Quando comecei a estudar antropologia e, mais especificamente, métodos de pesquisa qualitativa, como etnografia e observação participante, muitos professores e colegas pesquisadores orientavam a nos comportar da forma mais simples e neutra possível. A intenção era passar despercebido.

Assim, indicações sobre roupas, o que usar e…

Para continuar lendo, realize o seu login.