A essência dos presentes de antigamente

Hoje é tão fácil comprar qualquer objeto em questão de segundos, que aquela personalização e humanização do presente praticamente morreram

Jorge Nahas | 17/08/2011


<p>Por Jorge Nahas*<br /> <br /> Antigamente, o ato de presentear era t&atilde;o incr&iacute;vel, era um momento extremamente esperado e de felicidade tanto para pessoa que dava quanto a que recebia. Isso porque, como grande parte dos itens, era de feitio artesanal. Obter algo realmente desejado que remetesse &agrave; pessoa…

Para continuar lendo, realize o seu login.