Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Entrevistas

Transformação Digital e os impactos nos negócios e na sociedade

Velocidade com que as inovações chegam às pessoas exigem mais atenção pelo alto poder de revolucionar as formas de consumo. Capacitação de profissionais é essencial

Por | 05/06/2017

priscilla@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Leandro Barbeita, Líder do Centro de Inovação da CiscoA transformação digital se tornou pauta obrigatória nas reuniões de Marketing. Isso porque diversos movimentos como Big Data, Cloud Computing e Inteligência Artificial já vem fazendo parte da rotina de trabalho. Ainda que existente, o conceito não está totalmente compreendido pelos gestores, sendo visto apenas como uma estratégia de Marketing Digital ao invés da grande mudança que afetará o futuro da área.

O evento Rio.Futuro, realizado no final de maio no Rio de Janeiro, reuniu uma série de conferências com o objetivo de representar a transformação digital como a porta de entrada de novos negócios e uma das principais forças de construção do futuro. Independente do setor da economia, as tecnologias pedirão profissionais mais capacitados a lidar com os canais digitais.

A velocidade com que as inovações chegam às pessoas exigem mais atenção pelo alto poder de revolucionar as formas de consumo. "É importante reforçar o impacto que a transformação digital está trazendo para os negócios e, principalmente, para a sociedade. Assim como as empresas, as pessoas também precisam se adaptar e responder às novas demandas já que isso representará sua sobrevivência no mercado de trabalho", afirma Leandro Barbeita, Líder do Centro de Inovação da Cisco, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Leia abaixo a entrevista completa.

Mundo do Marketing - Como a transformação digital está impactando as companhias brasileiras?

Leandro Barbeita - Quando abordamos esse tema, nós da Cisco, nos baseamos em pesquisas internas. A transformação digital é um furacão que está mudando o cenário das companhias, porque elas estão no olho dele. As que pertencem ao ramo de tecnologia são as mais impactadas, seguidas de entretenimento, varejo, serviço financeiro e, na borda desse furacão, as empresas farmacêuticas e outras indústrias. Todos estão sentindo essas mudanças de alguma forma, umas mais, outras menos. Aqui no Brasil estamos acompanhando o que está acontecendo no mundo, não há nenhum diferencial em relação aos avanços.

Mundo do Marketing - Como você observa em relação ao uso de ferramentas? Aqui as ações de aplicação são proativas ou ainda repetem o que dá certo lá fora?

Leandro Barbeita - Há uma percepção de que inovação pode ser adquirida como produto, o que é mentira. A inovação requer um esforço da empresa, não é algo que você pode ir ao mercado e comprar. A verdade é que em grande parte dos produtos mais modernos a implantação deles já representa algo relevante para as empresas, mas quando falamos em transformação digital vemos que essa companhia precisa avaliar com cuidado a proposta de valor, digitalizar tudo que for possível, para aí sim ter um modelo de negócio transformador.

Cerca de 25% das empresas estão se movimentando ativamente em relação ao tema de transformação digital, as demais assumem postura de aguardar o movimento mais consolidado do mercado para tomar decisão. O risco em relação a essa estratégia é alto, porque o tempo que uma startup leva para impactar o mercado estabelecido é muito mais curto. Em três anos surge uma disrupção. Se uma empresa aguardar uma consolidação ao uso de uma tecnologia ou modelo de negócio, quando ela resolver agir poderá ser tarde demais.

Mundo do Marketing - A partir das transformações ouvimos falar mais em startups e em modelos que não existiam no passado. As empresas estão sabendo aproveitar as ideias que esses empreendedores estão trazendo?

Leandro Barbeita - As startups normalmente entregam valor para clientes de três maneiras muito bem caracterizadas. São eles: modelos de negócios de baixo custo mas com alto valor ou entregando melhor experiência ou criando uma plataforma. A pesquisa que fizemos comenta que as melhores startups não entregam apenas um tipo de valor, elas entregam um mix de todas essas.  É como o Uber, que não é apenas a tarifa diferenciada que atrai clientes, é experiência e criação de plataforma inovadora.

Mundo do Marketing - A velocidade dessas transformações é grande, mas como está sendo a adesão por parte dos consumidores? 

Leandro Barbeita - Como consumidor posso afirmar que estamos razoavelmente preparados para essas transformações. O numero de smartphones é grande, já fazemos parte desse ecossistema. As startups tem se esmerado em prover serviços práticos que permita adoção rapidamente. Isso é quase um axioma. A adoção de uma nova tecnologia é infinitamente mais rápida do que era no passado. As vantagens das empresas estabelecidas é que ela tem um atalho de cliente grande quando resolvem lançar algo. Já os novos modelos conseguem chegar nessa mesma base de dados que a empresa demorou anos de maneira muito mais rápida.

Mundo do Marketing - Essa velocidade na rotina do profissional de Marketing também está mudando e impactando bastante. O mundo digital está na mão dele em toda as estratégias. Como você avalia essa integração da tecnologia com a área?

Leandro Barbeita - Quando pensamos sobre mundo digital e Marketing Digital é impossível separa-los, porque está integrado. O que eu vejo é que as empresas que não utilizam o canal digital perderão espaço, porque ele é tão importante quanto os canais físicos. Mas existe um ponto que impactará mais ainda os profissionais, que é olhar menos a categoria e característica e olhar mais as circunstâncias no qual o serviço é consumido. Pouco importa se quem entra em um estabelecimento tem determinada faixa etária, é preciso saber o que o levou até ali. A questão de Business Inteligence revolucionará ainda mais a área.

Tudo que pode ser digitalizado será. Todos os negócios serão digitais, assim como as propostas de valor. É condição básica entender o que significa ser digital, incluindo os canais e comportamentos nesse meio. Em relação à formação, hoje em dia todos os profissionais, independente da área, precisam perder o medo da tecnologia e passar a utilizá-la mais, seja no ambiente de trabalho ou no pessoal. Quanto mais tiver prática, mais poderá entender o que pode melhorar.

Leia também: Tecnologia no Marketing: por que você precisa dar muita atenção? - estudo do Mundo do Marketing Inteligência.

Conteúdo de Acesso Premium Para continuar tendo acesso a esse e outros conteúdos exclusivos, faça sua assinatura.
  • Conheça diferentes perfis de consumo
  • Desenvolva embasamentos para suas campanhas
  • Otimize sua gestão de Marketing
  • Projete cenários para o seu negócio
  • Descubra potenciais de mercado
  • Tome decisões mais assertivas

Já é premium/cadastrado?
Faça o login para ver o conteúdo:

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2017. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss