Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Entrevistas

Análise preditiva está ganhando a atenção mais rapidamente

Áreas estratégicas e de publicidade são impactadas pela chegada de ferramentas tecnológicas. Veja a entrevista com Mike McGuire, Vice-Presidente de Pesquisas do Gartner

Por | 20/02/2017

priscilla@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Mike McGuire, Vice-Presidente de Pesquisas do GartnerO aumento do número de ferramentas de Marketing permite que as marcas consigam antecipar necessidades dos consumidores. Isso porque o número de dados coletados acaba por desenhar perfis e estratégias, o que facilita a execução de ações mais assertivas. Se o Martech vem permitindo uma nova configuração do setor, a tecnologia também acaba por transformar a publicidade.

Essa convergência cria as quatro principais forças que apontam para um futuro centrado em dados para os profissionais do segmento. Em 2016, o Gartner uniu os Hype Cycles de Marketing Digital e de Propaganda em um único relatório. Isso reflete a crescente necessidade dos profissionais de Marketing considerarem as ferramentas de Propaganda como parte integrante de suas principais tecnologias operacionais, em vez de segrega-las.

Conforme as marcas adotam estratégias orientadas a dados para melhorar a experiência do cliente e a publicidade utiliza práticas programáticas e lances em tempo real, os clientes esperam cada vez mais consistência e coordenação de todas as comunicações de marca. "O Marketing em tempo real é o principal foco para empresas e anunciantes. Todos buscam eficiência, por isso a análise preditiva está rapidamente ganhando a atenção de profissionais mais experientes", explica Mike McGuire, Vice-Presidente de Pesquisas do Gartner, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Quatro forças
Mike lista as quatro forças tecnológicas que o mercado precisa atender. A primeira delas é a convergência de Martech e Adtech, que é o resultado do foco contínuo em fornecer experiências de clientes convincentes e de valor, independentemente do mercado, produto ou serviço. Categorias como plataformas de gerenciamento de dados, Marketing analytics, automação de Marketing e análise preditiva são cada vez mais compartilhadas em seus painéis.

Outro ponto são as técnicas de Marketing em tempo real e acionadas por evento, já que o impulso para ser capaz de reagir instantaneamente e levar o cliente ou perspectiva pelo caminho da compra e advocacia coloca o foco no mobile Marketing e na análise preditiva.

Há também a preocupação com a personalização, uma vez que perfis de tecnologia de personalização e personificação estão se desenvolvendo rapidamente. Os profissionais de Marketing têm buscado cada vez mais criar oportunidades individuais, equilibrando as preocupações dos consumidores sobre segurança e privacidade.

Por fim, as informações contextuais:  demonstradas pela utilização de dispositivos móveis por consumidores atuais e futuros, como o clima local ou a presença perto de um shopping ou de área de comércio, está impulsionando o interesse geral dos comerciantes para o marketing de proximidade, a Internet das Coisas (IoT) e os dispositivos vestíveis.

Leia abaixo a entrevista com McGuire, Vice-Presidente de Pesquisas do Gartner.

Mundo do Marketing - Apesar de tanto ser falado, você observa que as empresas já aprenderam a importância de usar o marketing preditivo?

Mike McGuire - Muitas companhias entendem os princípios do Marketing preditivo, bem como seu potencial. O que eles lutam é como encontrar o conjunto certo de ferramentas, como centralizar todos os dados que eles têm sobre os clientes que está espalhado por toda uma organização e, em seguida, eles têm que mudar a abordagem para campanhas de marketing que são projetados para executar por determinado tempo a uma aproximação que aproveite a análise preditiva para entregar a melhor oferta a uma perspectiva ou a um cliente baseado nos interesses específicos do indivíduo, entre outros. Esta última etapa pode ter os mais difíceis desafios de trabalho para se fazer.

Mundo do Marketing - O que falta para que as empresas explorem profundamente os dados analíticos coletados?

Mike McGuire - A maioria das empresas é adepta na captura de muitos dados, sem saber o que fazer com eles. Muitos estão procurando ajuda e isso se aplica a análise preditiva. Falta encontrar as ferramentas certas e técnicas para identificar a informação correta para conduzir à próxima e melhor ação.

Mundo do Marketing - Você poderia nomear e explicar alguns exemplos da aplicação do Marketing preditivo?

Mike McGuire - Em uma transação de comércio on-line, uma capacidade de análise preditiva efetiva saberia que quando o usuário faz logon, com base no conhecimento do sistema de compras anteriores, que uma compra recente de um stand-up paddle sugeriria que um acessório adequado, por exemplo, um wetsuit ou o stand-up paddleboard ou o carro-roof-rack seriam uma boa opção, ao invés de ficar indicando mais stand-up paddle.

Um exemplo de serviços financeiros pode orientado a olhar para perfis. A equipe de Marketing de um banco que nota que um cliente possui um filho que está prestes a entrar no ensino médio, poderia então desenvolver uma oferta para criar uma conta voltada quando ele fosse para a faculdade. Dessa maneira a economia da família estaria em ordem.

Mundo do Marketing - A convergência entre Martech e Adtech é uma preocupação para que os negócios sejam bem sucedidos. Quais seriam os pontos principais desse trabalho?

Mike McGuire - O Martech é um termo bem compreendido. Scott Brinker construiu um site inteiro dedicado a "martech" para não mencionar toda a conferência chamada "MarTech". Já a convergência entre Martech e Adtech possui particularidades e seus respectivos caminhos evolutivos foram governados pela crescente dependência de estratégias e táticas baseadas em dados. No nível estratégico, essa convergência é o resultado de um foco contínuo na entrega de experiências de clientes atraentes e valorizadas, independentemente do mercado, do produto ou serviço sendo empurrado. O foco precisa ser o consumidor. Categorias de produtos, como plataformas de gerenciamento de dados (DMPs), análise de Marketing, automação de Marketing e análise preditiva são cada vez mais compartilhadas nas áreas da Martech e da Adtech e algo que não dá para fazer superficialmente.

Leia mais sobre Martech, suas aplicações e ferramentas em estudos exclusivos no Mundo do Marketing Inteligência.





Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss