Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Entrevistas

Setor público deve usar o digital de maneira pró-ativa

Instituições ligadas ao governo e empresas estatais podem usar os canais online para aprimorar serviços, melhorar o relacionamento com o público e cumprir funções sociais

Por | 30/07/2013

bruno.garcia@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

setor público,marketing digital,investimentos,nino carvalhoA maior presença do setor público no ambiente digital ainda é um tema que requer cuidado na sua abordagem. Em se tratando de instituições que não possuem finalidade comercial e têm por missão prestar serviços à população, a realização de ações ligadas ao Marketing digital tende a gerar algum tipo de debate. Porém, as possibilidades que o digital proporciona e as facilidades geradas pelo uso destas plataformas vêm minimizando este preconceito e mostrando que as organizações desta natureza têm muito a ganhar desenvolvendo estratégias com foco na web.

Existem diferenças no uso que empresas e instituições públicas fazem do Marketing digital, a começar pela terminologia. Neste setor, o termo Marketing não é tão utilizado, dando lugar à comunicação digital. O foco tende a ser mais voltado para o relacionamento e para a prestação de serviço, mas nem por isso as estratégias usadas são menos sofisticadas.
Instituições como o Exército Brasileiro, Senado Federal, Superior Tribunal de Justiça (STJ) e a estatal Embrapa são considerados cases de sucesso de presença e atuação no mundo online. "Em muitos casos, este é um esforço do próprio servidor da áre de comunicação, RP ou digital, que toma a iniciativa para desenvolver projetos interessantes na instituição na qual trabalha. A organização como um todo tende a querer utilizar os meios tradicionais, mas os servidores trazem ideias e querem modernizar", explica Nino Carvalho, CEO da Nino Carvalho Consultoria. Veja a entrevista:

Mundo do Marketing: Como as instituições públicas usam o Marketing Digital?
Nino Carvalho:
No setor público não pega bem se falar em Marketing digital. Eles usam mais o termo comunicação digital. Eles também preferem o termo organização ao invés de empresa. Desde 2009 estou envolvido com projetos desta natureza e noto um interesse cada vez maior desta esfera em desenvolver ações para o ambiente online. Em muitos casos, este é um esforço do próprio servidor da áre de comunicação, RP ou digital, que toma a iniciativa para desenvolver projetos interessantes na instituição na qual trabalha. A organização como um todo tende a querer utilizar os meios tradicionais, mas os servidores trazem ideias e querem modernizar.

Mundo do Marketing: O que está gerando este maior interesse do serviço público neste ambiente?
Nino Carvalho:
Existem evidências que mostram que esta é uma área promissora e que deve receber cada vez mais atenção. Há duas eleições já se percebe o impacto do digital nos resultados das urnas. Este é um indicativo. A sociedade está atuando mais nos canais digitais e há a lei da transparência, que também acaba pressionando o setor público para que ele tenha uma maior presença no meio online.

Mundo do Marketing: Existem instituições brasileiras que estão se destacando no digital?
Nino Carvalho:
Temos alguns casos de primeira linha no Brasil. Um deles é o Exército Brasileiro, considerada uma das maiores marcas públicas nacionais no digital. Eles fazem um excelente trabalho para se aproximar da comunidade e todas as perguntas encaminhadas são respondidas em até 24 horas. Outra organização que realiza um excelente trabalho é o Senado Federal. A despeito de todos os problemas de imagem que possam ter, eles aproveitam a estrutura que possuem e produzem uma excelente comunicação n web.

Organizações do poder judiciário também estão dando o exemplo: Superior Tribunal de Justiça (STJ), Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) possuem trabalhos reconhecidos inclusive internacionalmente. Eles usam a criatividade para promover programas de conscientização em temas que não possuem muita representatividade da população ou que não costumam gerar interesse no público. A FAB também merece ser lembrada pelas iniciativas que vem desenvolvendo, entre elas uma sala de imprensa digital incrível.

Mundo do Marketing: Podemos dizer que o Marketing digital no setor público está em pleno desenvolvimento?
Nino Carvalho:
O cenário público ainda é de extremos. Enquanto alguns grupos não estão nem um pouco preocupados com a presença online, existem servidores extremamente engajados neste tópico, principalmente os que atuam nos setores de comunicação, RP e digital. Estes profissionais querem implementar projetos legais para as suas instituições e estas iniciativas ajudam na construção de um país melhor. Em muitos casos, a equipe tem a vontade, mas as chefias travam o projeto. O cenário está mudando, mesmo que ainda exista alguma resistência. Tanto que criamos o primeiro curso deste tipo aberto no Brasil voltado para o setor público. Percebemos também a existência de mais eventos sobre o tema.

Mundo do Marketing: Qual é o uso mais comum que as organizações públicas fazem do digital?
Nino Carvalho:
A internet acaba sendo muito utilizada para promover o que a organização está fazendo. Este é o primeiro estágio. O segundo estágio é de uma prestação de serviços simples. Na etapa seguinte, a organização percebe que algumas atividades podem funcionar muito melhor no digital. No último estágio, estão as organizações que usam o digital de forma pró-ativa para ouvir o cidadão, para ouvir seus públicos e com isso propor políticas que transformem vida das pessoas. Ou seja, as organizações públicas podem usar as redes sociais desde uma forma instrumental, representada pelo 1° estágio, até uma forma estratégica para melhorar a vida de todos.

 

Comentários


Publicidade

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss