Publicidade

Patrocínio

Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing - Dino

Dino

Governo anuncia leilão para construção de novas usinas de energia solar e espera-se que atraia investimentos entre R$ 4 bilhões e R$ 6 bilhões

Esse é o volume de contratação necessário para manter uma demanda de produção estável no país é de 2.000 megawatt (MW) por ano.

Categoria: Economia

Autor: DINO

Data de Publicação: 11/01/2017

O setor de energia solar está em fase de ganho de competitividade. Segundo Thomas Kraus, diretor geral da Enerray do Brasil, empresa especializada em energia fotovoltaica, subsidiária da SECI Energia da Itália (Gruppo Industriale Maccaferri), os projetos estão mais eficazes e teremos um impacto positivo com a redução dos custos de implantação. ?No Brasil, devido ao lento crescimento do setor hidroelétrico, que ainda hoje representa a maior fonte de energia elétrica do país e não consegue suprir a demanda que, em todos os setores tanto industrial quanto doméstico, aumenta a cada ano, os sistemas fotovoltaicos entre todas as fontes de energias renováveis são as que apresentam o menor impacto ao ambiente, além disso a geração distribuída apresenta grandes vantagens econômicas.? complementa Kraus.

Como parte dessa estatística para manter uma demanda estável no Brasil, a Enerray está construindo duas obras no interior da Bahia, que juntas irão gerar mais de 350 GWp e uma produção anual está estimada em 700 GWh. Um dos projetos, é o maior da América Latina com capacidade de 254 MWp. A produção anual de energia está estimada em 500 GWh e beneficiará todos os cidadãos brasileiros (cerca de 250.000 famílias), uma vez que a energia produzida será entregue na matriz energética nacional. O projeto pode ser visto no site www.enerray.com/br

O diretor da Enerray enfatiza ainda que as obras também serão muito importantes para o munícipio, onde vem sendo construídas, já que os cidadãos locais vão ter a oportunidade de trabalhar durante a construção e talvez mais tarde. Impostos também estão sendo pagos ao município e o comércio local pode fornecer bens de consumo, tais como serviços de hotelaria, alimentos e bebidas, transporte de pessoal, todo o tipo de serviços públicos, serviços de manutenção, entre outros.


Publicado por:

Este conteúdo de divulgação comercial é fornecido pela empresa DINO e não é de responsabilidade do Mundo do Marketing.

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2015.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2017. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Receba nossa newsletter

Cases, Reportagens Especiais, Artigos, Entrevistas, Notícias e as novidades do nosso portal direto no seu e-mail.

+ 3 acessos gratuitos por mês.