DryWash: o sucesso do lava-rápido que não usa água | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Cases

DryWash: o sucesso do lava-rápido que não usa água

Sustentabilidade, conveniência e bem-estar são palavras constantes no vocabulário de Lito Rodriguez, sócio-fundador do DryWash. Conheça este caso de sucesso

Por | 21/08/2007

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

DryWash: o sucesso do lava-rápido que não usa água

Por Thiago Terra
redação@mundodomarketing.com.br

Em 1994 começa a história da DryWash quando Lito Rodriguez abriu um lava-rápido em um bairro nobre de São Paulo. O negócio começou e logo o empreendedor já sabia que estava diante do seu maior projeto profissional. Com área reduzida, atendia 500 carros por mês. Conveniência e bem-estar foram as duas palavras que fizeram parte do vocabulário do empresário desde o início, quando ele percebeu que não havia referência no segmento de lavagem de carros, e nem um padrão seguido como modelo.

Mas, o grande diferencial era que Lito não usava água para lavar os carros. Outro fator que ajudou a DryWash a se solidificar no mercado foi montando lojas em shoppings. O sucesso desta estratégia aconteceu pela conveniência do cliente que vai ao shopping em busca de momentos de lazer, enquanto seu carro é lavado sem agredir ao meio ambiente .
 
O público-alvo da DryWash tem um estilo de vida característico. Valéria Centin, responsável pela área de promoção e marketing da empresa, diz que, pelo conceito, seus clientes são pessoas preocupadas com a responsabilidade social, com o meio ambiente e com o futuro. "São pessoas das classes A e B, apaixonados por carro e que lavam (no shopping) por conveniência", define Valéria.

Meio-ambiente e responsabilidade
Trabalhar nos shoppings, inclusive, ajudou no conceito de economia de água, já que não é permitido lavagem com água nos centros de compras. A partir disto houve um link com a responsabilidade sócio-ambiental quando se desenvolveu a visão da preservação da água no planeta. Valéria conta que o princípio não era o de chamar a atenção para o aquecimento global ou economia de água. "O que ajudou a DryWash a divulgar este conceito foi a imprensa e sem dúvida a preservação e o aquecimento do planeta agregou muito valor a DryWash".

No segmento de lavagem sem água a DryWash é a pioneira, mas não a única. Apesar da dificuldade em transformar o conceito de lavagem de carros, o boca-a-boca foi o que trouxe o crescimento para a empresa, que utiliza 80% de componentes orgânicos nos produtos. "Existem concorrentes, mas nenhum deles tem todos os produtos aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), registrados e ecológicos", conta Valéria.

Com um calendário promocional próprio, a DryWash tem o foco voltado para datas ambientais e sociais, onde todo ano realizam campanhas relacionadas à semana do meio ambiente e a semana da ciência. "Elegemos mensalmente as datas principais", explica a executiva. Com um produto inovador para o setor, faltava apenas a DryWash estar na TV. Isto aconteceu, mas não em forma de propaganda tradicional. A empresa ganhou mais visibilidade quando o empreendedor Tiago Pereira levou para o programa O Aprendiz 4 - O Sócio, a idéia de unir um novo produto com a experiência e competência do empresário Roberto Justus. Valéria Centin conta que a idéia de internacionalizar a empresa nasceu há quatro anos e o programa foi uma ferramenta para o projeto deslanchar mais rapidamente. "Não podemos dizer que foi um divisor de águas, mas ajudou bastante a divulgar a DryWash".

A luta por desenvolver o negócio começou bem cedo e ainda teve a desistência de um sócio no sexto mês de vida. "Desde o início, havia muitas dificuldades e nunca acreditamos em sucesso, o que faz com que todos os dias se tornem o primeiro e o último", afirma Lito Rodriguez (foto) em entrevista ao Mundo do Marketing. O empresário compara o conceito da empresa ao tripé do alinhamento entre pessoas, meio-ambiente e lucro, com o foco sempre no equilíbrio para conduzir o desenvolvimento.

Uma das etapas dos treze anos da companhia foi buscar resultados satisfatórios. Segundo Lito, o lucro é o que garante o treinamento, investimento, desenvolvimento em novas tecnologias, novos processos e produtos da DryWash. "A partir do momento em que as empresas têm um princípio, política corporativa e valores enraizados, atrai bons profissionais e se distancia das pessoas que não se adaptam a isso", conta Rodriguez.

Plano de vida e oportunidades para funcionários
Os funcionários da companhia, aliás, têm possibilidades de carreira na empresa. O programa começa com o funcionário acadêmico, seguido de auxiliar, aplicador, supervisor, consultor até gerente. Com garantias e planos de carreira, a DryWash também abre espaço para os autofranqueados. Estes normalmente são ex-funcionários, donos dos seus próprios negócios com todo o suporte da empresa, como treinamento, produtos e técnicas. "É uma grande realização para DryWash e para o franqueado. Criamos o Instituto Academia DryWash, que oferece oportunidade, técnica, evolução pessoal, educação moral, respeito, dignidade e meio-ambiente", afirma Valéria Centin.

Este posicionamento ajudou ainda na evolução dos produtos e serviços da empresa, que passou a desenvolver produtos para limpeza de superfícies em geral, como o limpador de vidros de vitrines de lojas, também com uma fórmula inovadora. Isso porque, com a aplicação do produto, o consumidor que encosta o dedo no vidro não deixará grandes marcas, pois a fórmula dificulta a aderência de gordura. "Há também as empresas que fazem a limpeza de orelhões com produtos DryWash porque tem um prazo maior para fazer a limpeza", explica.

Depois de muitos anos de crescimento acelerado, em que a empresa chegou a contar com cerca de duzentas franquias no Brasil, a DryWash resolveu se estruturar. Há cerca de três anos não abre mais franquias. Para abrir uma loja, o proprietário deve ter o perfil que a DryWash acredita ser o ideal. "Atualmente existem cerca oitenta franquias DryWash", diz Valéria.

Acesse
www.drywash.com.br

Comentários


Acervo

Publicidade

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss