Diversificação: UM BOM PROJETO | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Conexão Paris

Diversificação: UM BOM PROJETO

Por: | 24/02/2010

stella@slegnani.com.br

Compartilhe

 

"O Mundo mudou, eu também", esta é a frase de Tom Ford na coletiva para a imprensa, sobre seu filme "A SINGLE MAN" que estreia hoje nos cinemas. E eu também fiquei com vontade de mudar...
O filme é uma obra de arte. Sensível, como nunca vi Tom Ford. E prova que diversificar, não só é possível, como faz bem para a alma.
Tom Ford foi o mestre reverenciado na moda nos anos 90. Salvador heróico da marca Gucci, inventor da estética "pornô chic", estrela única de campanhas publicitárias. Tom Ford levou 20 anos moldando sua imagem pública - a de um homem, ambicioso e de talento, cujo sucesso não poderia resistir.
Em 2004, após dois anos calamitosos na Maison Yves Saint Laurent, foi excomungado pelo Grupo Gucci. O designer afunda em uma depressão, mas deu a volta e poucos meses depois começa a comercializar óculos e perfumes.  
Hoje, aos 48 anos, além das coleções Tom Ford óculos e perfumes, desenvolve uma linha de luxo para homens. Mas afirma que a moda para ele é meramente "comercial" e que na verdade não tem nada dele ali, sua verdadeira paixão sempre foi o cinema, e assume que daqui para frente quer ser mesmo é diretor.
Tom revela "que pode levar as duas coisas juntas". E que a única coisa que moda e cinema têm em comum é um trabalho gigantesco por trás de toda a euforia midiática.
O filme é impecável. Cada floco de neve tem o seu lugar, e mostra que o estilista é tão perfeccionista na moda como na grande arte. Trailer aqui.
Mas o que me surpreende e me dá energia é sua declaração final: "A moda sempre foi para mim um meio de expressão artística, mas antes de tudo um objeto comercial. A Single Man, é minha primeira verdadeira experiência criativa. A este altura da vida, não quero mais provar nada, mas me exprimir, e até minha mãe ficou surpresa quando viu o filme. Acho que ela não acreditava que eu possuía outros talentos além de saber desenhar".
O filme de Tom Ford fez bem para minha alma. E me fez pensar em algumas empresas e amigos que acredito terem talento de sobra para se diversificar. Já havia abordado este tema na semana passada com meu amigo, o brasileiro André Boccato, que é  editor, tem uma cozinha experimental, esta escrevendo um livro, é colunista e agora me mostrou seu talento incrível como  artista plástico! André me deu um enorme incentivo para eu desenhar coleções de moda, minha grande paixão... E por que não?  
Karl Lagerfeld além de cuidar da Chanel e da Fendi, é fotografo de moda.
O novo designer da Lacoste é artista plástico, decorador e músico...
A diversificação pode ser boa para todos - para nossa alma e para os outros!
Comentários

Biografia

Stella Pelissari é formada em Moda e Jornalismo, tem pós-graduação em Moda e Comunicação e Mestrado em Management Fashion em Business.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Acervo

Pesquisar por Tags

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2020.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2020. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss