Estratégias de marcas com mais de 100 anos | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Conexão Paris

Estratégias de marcas com mais de 100 anos

Por: | 23/07/2009

stella@slegnani.com.br

Compartilhe

 

Ontem na casa de minha grande amiga Elisabeth Auguin, que foi minha colega de mestrado e hoje trabalha junto à direção da Feraud (marca emblemática dos anos 50), trocávamos idéias sobre qual a estratégia ideal para "ressuscitar" uma marca, colocando em sintonia com o mercado / público sem perder a força motriz (identidade de marca).

Elisabeth será responsável pela nova aquisição do grupo, a marca Jacques Fath (emblemático costureiro e rival de Dior), um verdadeiro desafio em tempos de crise. Então retomamos aos nossos dois anos de estudo, quando ouvíamos da voz imperativa de madame Le Bougle: "uma marca só tem peso de marca depois de 50 anos... antes disso é um produto, uma empresa"... Será?

Não concordo na integra com tal afirmação, mas sem dúvida concordo que para perpetuar uma marca por mais de 60, 100 anos é preciso sabedoria, estratégia, adaptação, inovação e esses são fatores que controem uma marca.

E que o peso da idade é sinônimo de credibilidade. Um verdadeiro desafio, já que a longa data de vida e sobreviver a diferentes gerações. E como abrimos o baú, de nossos estudos de caso, que nos fizeram passar noites em claro, divido com vocês ao longo das próximas semanas a saga de algumas das marcas míticas que souberam ter fôlego para soprar dezenas de velinhas, criar uma imagem de força e credibilidade e sucesso no "lifting" que foram obrigados a realizar ao longo do tempo.

O que elas têm em comum? Que estratégias utilizaram? Que erros evitaram? Espero que apreciem. Detalhe: isso me fez lembrar o inicio do livro de Bernard Arnault proprietário do grupo LVMH e seu império de 60 marcas (a maior fortuna da França e 15° mundial). Ele conta que foi num taxi nos Estados Unidos, que ao dizer ao motorista que era francês, escutou: -"Ah! Dior". Foi o clique para ele comprar a marca que estava abandonada no canto de um baú e o inicio da empreitada como um homem de negócios mais respeitados do mundo. Então a partir de amanhã, vamos fazer uma viagem por semana ao lado das marcas que marcarm varis gerações e prometem continuar fazendo historia...

Chanel e a marca mítica da moda feminina. Mais que roupa ela é sinônimo de comportamento ligado a liberdade e ao refinamento. Uma conquista graças à própria Mademoiselle Chanel, sua  maior fonte de publicidade.

 

L´oréal a número 1 da beleza mundial, 100 anos depois da sua criação, a gigante dos cosméticos não cessa de crescer e desenvolver novas tecnologias ligadas ao universo feminino.

Comentários

Biografia

Stella Pelissari é formada em Moda e Jornalismo, tem pós-graduação em Moda e Comunicação e Mestrado em Management Fashion em Business.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2020.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2020. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss