Tendências de Consumo, Novas Atitudes | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Conexão Paris

Tendências de Consumo, Novas Atitudes

Por: | 06/07/2009

stella@slegnani.com.br

Compartilhe

  

Participei de um seminário no Louvre, há algumas semanas onde um dos mais importantes Bureaux de Tendências do mundo, junto a sociólogos e experts em economia discutiram sobre os novos códigos de consumo bem as mudanças de comportamento face à crise. Como vejo que as estratégias aqui aplicadas (na COM francesa) são baseadas profundamente nestas diretrizes, resolvi falar um pouco no tema.
O material é super profundo, mas vou resumir as linhas mestras do pensamento sobre como devera ser o comportamento do futuro consumidor.
A regra número um é Consumir menos, Consumir melhor (este foi praticamente o slogan de todo o seminário).
Mas não se trata de limitar o consumo e sim de repensar os hábitos de consumo:
Neste se incluem como idéias fortes:
·        Explorar novos canais de compra
·        Limitar o prazer do hipersupérfulo
·        Aprender a não desperdiçar (economia consciente)
·        Mostrar-se mais exigente em vista de marcas e produtos (valores verdadeiros)
·      Mudança de comportamento para hábitos duráveis.
O conselho para empresas ficou em :  inscrever-se na durabilidade em valores verdadeiros e em aprender a dividir.
 
O novo consumo
 
Desejos efêmeros convivem com compras perenes.  Desenvolvimento sustentável (não existirá mais espaço para empresas que não estiverem comprometidas com a política que respeita o meio ambiente, e sustentabilidade).
 
·       Reatividade: pequenas séries, edições limitadas, novidades estonteantes, renovação regular, mais autonomia, exigência pela qualidade, rejeição à copias, criatividade elevada ao vetor máximo.
·        Espaço aos extremos: luxo e pequenos preços (empresas com posicionamento "moyenne gamme" sofrerão mais à crise.
·       Coleções + (plus):  já conhecemos a Linha Bis de grifes e produtos onde os preços são mais acessíveis, mas ainda assim levam na etiqueta a magia da  marca.
 
Como exemplo a marca Valentino Red. O famoso costureiro vende em plena Av. Montaigne uma das mais sofisticadas do mundo, vestidos no valor de  500 euros, quando a linha Valentino custa em torno de 2000 mil euros podendo ir até 80 mil.
 
Com a o poder de compra mais limitado, o consumidor vai ou para extremos, onde a Linha PLUS é diretamente ligada ao hyperluxo. Sua sobrevivência vem do combate a banalização, da copia, mas, sobretudo do refinamento de produtos elaborados a partir do verdadeiro "savoir faire".
 
·        Sampling mode: estilistas, grafistas, músicos dividem espaço das artes e criam o co-branding na moda, arquitetura, gastronomia tanto para a grande como para média e pequena distribuição.
·       Novos mercados: abertura para talentos em mercados como Estocolmo, Tóquio, Hong Kong, Moscou, Rio de Janeiro ou Los Angeles.
·        Atitude verde: Não se trata somente dos produtos BIO (estes já são parte cotidiana do consumo na Europa), mas o BIO como forma de preservar a herança da marca.  
Produtos básicos tomam força e as marcas redescobrem os seus antigos parâmetros de criação. As peças ícones voltam com força e são reeditadas.
·         A simplicidade passa a ter tratamento de luxo. Como eu escrevi no  meu primeiro artigo para este blog... Felizmente A Morte do Bling, Bling!( entevista com Jeans Jacques Picart)

© 2009 SP. Todos os direitos de reprodução e de representação reservados a Stella Pelissari. Todas as informações reproduzidas nesta rubrica, são protegidas pelos direitos de propriedade intelectual SP.Por conseqüência nenhuma informação pode ser modificada, reproduzidas, explorada e comercializada ou reutilizada sem um acordo por escrito.

Comentários

Biografia

Stella Pelissari é formada em Moda e Jornalismo, tem pós-graduação em Moda e Comunicação e Mestrado em Management Fashion em Business.

Arquivos


Este blog reflete única e exclusivamente a opinião do seu autor e não necessariamente o posicionamento jornalístico que norteia o Mundo do Marketing.

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2020.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2020. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss