Experiência de compra ao comprar um aparelho celular = 10% de prazer | Mundo do Marketing

Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Shopper View

Experiência de compra ao comprar um aparelho celular = 10% de prazer

Eis minha experiência de compra ao sair para comprar um celular dentre três modelos que estava em mente: Iphone, Galaxy S2 e Nokia N9. Uma experiência (quase totalmente) negativa!

Por: | 13/03/2012

simoneterra@sterra.com.br

Compartilhe

Semana passada, saí para comprar um celular. Sabia exatamente as marcas que estava procurando, pois já havia pesquisado um pouco entre amigos os modelos, e estava decidida a ver três aparelhos: o Iphone, o Galaxy S2 e o Nokia N9.

Como queria segurar os aparelhos, ver como funcionavam e ouvir dicas para construir minha escolha, fui a um shopping com essa intenção, afinal de contas, foram muitos anos de Nokia, e uma mudança sempre cria o medo: "Será que vou me adaptar a outro telefone? Ao touchscreen?"

Eis minha experiência de compra:

Na Fast Shop.

- Entro no Fast Shop, que é uma das referências em PDV agradável e prestação de serviços, e por mim considerada a melhor solução do setor. Me dirijo a área de telefonia, sou atendida e falo de minha demanda.

- Primeira péssima surpresa: os telefones não estavam conectados na energia elétrica e eu não podia manipulá-los. A Fast Shop também não tinha Iphone, a vendedora não sabia me explicar nada do Nokia N9 e tinha uma promotora da Samsung, que foi chamada para falar comigo. Expliquei-as claramente que estava ali decidida a comprar um telefone, precisava de uma explicação e brinquei que era a hora da Samsung me seduzir ou não a comprar seu telefone. A vendedora, que estava bastante indisposta a vender, até fez um gesto de gentileza dizendo que, se eu chegasse até a área de entrega de produtos, ela pegaria um aparelho que eu pudesse mexer um pouco, e assim fizemos.

- Segunda péssima surpresa: A promotora da Samsung não nos acompanhou para mostrar o que o aparelho fazia e pior: sumiu da loja!

- Conclusão: finalmente eu tinha um aparelho em mãos, uma vendedora quase com má vontade de vender, e a menina da Samsung não estava ali presente para me mostrar como eu acessava meus e-mails, escrevia minhas mensagens, e como eu lidaria com essa nova realidade na minha vida. Não deixei por menos e fui procurar essa menina da Samsung, pois a vendedora, apesar de ser setorizada (a Fast Shop trabalha com setorização), não sabia me responder várias perguntas. Quando acha a menina  lá fora, falando no telefone, digo para ela: "Menina, preciso decidir agora a compra do meu aparelho!". Pensam que mudou alguma coisa? Continuei abandonada lá dentro, me senti super mal atendida no Fast Shop, tanto pela promotora da Samsung quanto pela vendedora da Fast Shop, então saí e resolvi procurar o telefone em outro lugar.

Na loja (própria) da Vivo - minha operadora.

- Na Vivo eles tinham somente o Galaxy S2, mas uma fila quilométrica, que me fez desistir imediatamente. Nenhum vendedor com intenção de explicar qualquer coisa sobre aparelhos, e olha que, apesar de cliente-empresa, sou uma cliente com gasto enorme de telefone, o que deveria ser motivo de ser recebida com tapete vermelho na loja! Também não havia nenhum promotor, e após alguns segundos percebi que ficar ali seria uma péssima experiência. Resolvi ir nas lojas das operadoras concorrentes, ver se finalmente compraria o celular que precisava, pois o meu havia quebrado.

Entro na loja (franquiada) da Claro .

- Lá, só tinha o Nokia N9, e os telefones ficavam dentro de uma caixa de vidro, onde não poderia mexer, a princípio. Entretanto, a minha primeira agradável surpresa: vendedores que, vendo minha necessidade, resolveram pegar o Nokia N9 para que eu pudesse manipular, me mostraram as funções do aparelho com maestria e quase me convenceram de comprar. A minha dúvida permaneceu no fato de eu ainda não ter testado os outros dois aparelhos, e nos meus traumas da linha N series com a Nokia. Resolvi continuar pesquisando e, pelo menos, tentar encontrar um Iphone.

Vou em uma loja franquiada da Tim.

- Rodei, olhei, e ninguém veio me atender ou falar comigo, e a loja estava completamente vazia! Não consegui entender porque os vendedores (que estavam no fundo da loja conversando) não vieram nem me perguntar o que estava procurando. Entretanto, como vi que não poderia mexer nos aparelhos, pois estavam todos fechados em redomas de vidro, cheguei ao limite da minha irritação, desisti da compra e resolvi ir embora.

Pensei que, naquela noite de meio de semana, era um péssimo dia para comprar celulares! Resolvi, quando estava descendo no shopping, dar uma última chance ao destino, e entrei em uma loja própria da Tim, pois vi que tinha um Iphone na vitrine. Um vendedor muito gentil veio me abordar, expliquei para ele meu dilema, e ele me falou que, se eu pudesse esperar um pouco, colocaria alguém para falar comigo que entende tudo de smartphones para tirar minhas dúvidas. Assim foi feito, encontrei um vendedor fantástico que realmente entendia tudo . O nome dele é Felipe e merece ser dito, pois ele me mostrou os aparelhos, as funções, conversou, perdeu o tempo dele discutindo sobre as desvantagens e vantagens de cada um dos três aparelhos e, mesmo sendo ele um apaixonado pelo Iphone, não tentou em nenhum momento me forçar a comprar um aparelho e, entendendo minhas necessidades e limitações, me ajudou a concluir que o Iphone não seria, para mim, o melhor produto, sobretudo pois tenho que trocar de chip quando chego em meu sítio, e tenho que plugar um celular na antena. O Felipe ganhou uma cliente e, mais que isso, uma admiradora, e o número dele se encontra no meu celular. Quando precisar de alguém que entenda de smartphone, ou quando precisarem de um ótimo vendedor, falem comigo, que o Felipe lhes proporcionará 100% de prazer na experiência de compra.

Comentários

Acervo

Pesquisar por Tags

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2019.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2019. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss