Publicidade

Patrocínio

Publicidade
Publicidade Publicidade Publicidade
Mundo do Marketing Inteligência

Blogs

Relacionamento Digital

Enquanto alguns choram, outros aproveitam para vender lenços

Durante a edição da ExpoGestão de 2005, evento empresarial que prestigio até hoje, na palestra de abertura, Miriam Leitão já adiantou que o Brasil é um país acostumado com crises e que evolui continuamente, basta ver seu histórico. Miriam salientou que ?a

Por: | 20/11/2008

pauta@mundodomarketing.com.br

Compartilhe

Autor: Robson Niering


Mais recentemente, no Fórum de Marketing de Curitiba que ocorreu no dia 13 de novembro de 2008, onde puder ver de perto o guru do Marketing, Phillip Kotler, ele também falou sobre a crise, mas salientou que "o momento é de oportunidades e não de recessão". Por isso levanto a bandeira de que precisamos arregaçar as mangas, aprender com tudo o que está acontecendo, mas acima de tudo, buscar novas saídas e concretizar planos criativos que antes nem cogitávamos em executar. É hora de pensar grande e tirar proveito das oportunidades.

E se tratando de marketing, basta analisar as notícias que nos fazem pensar para frente. Sempre busco ver as coisas pelo lado positivo e foi lendo a revista Exame desta quinzena, que me deparei com uma matéria excelente, onde pesquisas mostram que as empresas que mantém e até mesmo aumentam seus investimentos em marketing, ganham mercado, incrementam suas vendas e saem mais fortes quando a máquina da economia volta a funcionar. Segundo dados da matéria, "um estudo realizado em 2002, pela consultoria McKinsey analisou a atuação de 1.000 empresas durante o período entre 1982 e 1999, que compreendeu três grandes crises - o segundo choque do petróleo com a revolução dos aiatolás no Irã, uma recessão americana no final da década de 80 e as crises da Ásia e da Rússia no final dos anos 90. A constatação foi de que apenas as empresas que mantiveram ou aumentaram os investimentos em marketing nos anos difíceis tiveram aumento nos lucros na posterior fase de retomada econômica".

Para alguns empresários, os períodos de crise são excelentes para fortalecer suas marcas e ganhar uma fatia significativa de mercado, tendo em vista que os concorrentes se intimidam com a situação, diminuindo ou até mesmo cortando as verbas destinadas ao marketing. E o consumidor, percebendo isso, acaba migrando para as marcas que se mantêm fortes e em constante contato com seu público.

É fato que a crise está aí e tem seu peso. Mas há que se considerar o percentual especulativo dela e trabalhar acima desta linha, fomentando, acima de tudo, a crença de que a inovação e a criatividade exercem um papel fundamental no desempenho das empresas, mesmo em meio a uma crise deste porte. Ficam as alternativas: chorar ou aproveitar. A escolha é sua.
Comentários

Acervo

Voltar ao Topo

Copyright © 2006-2018.

Todos os direitos reservados.

Assine o Mundo do Marketing Inteligência

Copyright © 2006-2018. Todos os direitos reservados. Todo o conteúdo veiculado é de propriedade do portal www.mundodomarketing.com.br. É vetada a sua reprodução, total ou parcial sem a expressa autorização da administradora do portal.

Auditado por: Metricas Boss